Tamanho do texto

Com a vitória, Roma chega a 31 pontos e segue na vice-liderança do Italiano. Inter está na 11ª primeira colocação

Pjanic comemora gol na vitória da Roma sobre a Inter por 4 a 2
Andrew Medichini/AP
Pjanic comemora gol na vitória da Roma sobre a Inter por 4 a 2

A Roma foi uma anfitriã cruel para a Internazionale na tarde deste domingo. Com dois gols de Pjanic, os romanos venceram a equipe de Milão por 4 a 2 em uma bela partida. Os outros tentos dos donos da casa foram anotados por Gervinho e Holebas, enquanto Ranocchia e Pablo Osvaldo marcaram para a Inter.

Confira a classificação, jogos, notícias e artilharia do Campeonato Italiano

Com o resultado, a Roma foi a 31 pontos e se manteve confortavelmente na 2ª posição do Campeonato Italiano, três pontos atrás da líder Juventus. Já a Internazionale caiu para a 11ª primeira colocação, com 17 pontos ganhos.

O jogo - No início, as duas equipes chegavam sem perigo à meta adversária, com cruzamentos e lançamentos. Por volta dos dez minutos, a Roma começou a apresentar superioridade na partida, com seguidas bolas alçadas na área por Maicon. Aos 21 minutos, a pressão surtiu efeito, e Gervinho abriu o placar para os donos da casa, após passe de Ljajic.

A Inter passou a correr atrás do empate, e aos 25 minutos o sérvio Kuzmanovic chutou para boa defesa do goleiro De Sanctis. Aos 34, a equipe de Milão tomou um susto com gol anulado da Roma. O empate dos visitantes veio dois minutos depois, com Andrea Ranocchia. O zagueiro subiu mais que a zaga adversária e cabeceou no canto esquerdo da meta romana.

Mas a Roma voltou a ficar à frente no placar logo aos dois minutos do segundo tempo. Após jogada individual, o grego Holebas concluiu no canto superior direito do goleiro Handanovic. Porém a alegria dos donos da casa durou por exatos dez minutos. Após receber passe do brasileiro Dodô dentro da área, Pablo Osvaldo mandou a bola para as redes de De Sanctis e empatou a partida.

O jogo em Roma estava mesmo destinado a ser um duelo emocionante. Aos 16, enquanto a Inter ainda celebrava o gol de empate, o bósnio Pjanic recebeu passe de Totti e concluiu para colocar os donos da casa novamente em vantagem: 3 a 2.

Roberto Macini reagiu colocando o meia Mateo Kovacic no lugar do volante M’Villa, aos 22 minutos. E a Inter começou, de fato, a jogar mais no campo dos donos da casa, principalmente com cruzamentos na área, mas sem levar muito perigo.

Nos minutos finais, Mancini voltou a mexer buscando maior ofensividade. Aos 37, colocou o atacante Icardi e o meia Obi nas vagas dos defensores Gary Medel e Dodô. No entanto, foi a Roma que cresceu nos minutos finais. Iturbe, que entrou no lugar de Totti, teve duas chances de marcar depois dos 40 minutos. Já nos acréscimos, Pjanic marcou de novo. Após bela cobrança de falta, o bósnio deu números finais à partida: 4 a 2.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.