Aos 37 anos, atacante francês pode pendurar as chuteiras, já que seu contrato com o time dos EUA está perto do fim

Este sábado pode ter sido o último do francês Thierry Henry como jogador profissional. Em jogo válido pela Major League Soccer (MLS, a principal liga de futebol norte-americana), o New York Red Bulls apenas empatou em 2 a 2 com o New England Revolution e foi eliminado da competição, uma vez que havia sido derrotado por 2 a 1 na partida de ida. Como o vínculo do atleta está próximo do fim, especula-se que ele pode pendurar as chuteiras aos 37 anos.

Antes do confronto, o francês afirmou que ainda não decidiu seu futuro, mas deu pistas de que pretende seguir ligado ao futebol como treinador ou dirigente. Ao final da partida, o atacante deu sua camisa ao português José Gonçalves, do time adversário.

Ídolo do Arsenal , Henry também já passou por Monaco, Juventus e Barcelona, chegando ao time nova-iorquino em 2010. Mesmo não atuando pelos Gunners desde 2012, o francês voltou a demonstrar neste sábado que jamais esqueceu o clube londrino.

"O Arsenal me adotou, me sinto em casa quando estou lá. Londres é a minha casa e o Arsenal é o meu clube. Para mim, vestir a camisa do Arsenal tem o mesmo efeito de vestir a camisa da seleção francesa. É como quando Clark Kent se torna o Super-Homem. Eu me transformo numa pessoa diferente, mais forte. Quando deixei o clube, uma parte de mim morreu. Chorei, e isso não é algo que eu costumo fazer, nem mesmo quando era criança", declarou em entrevista ao jornal L’Equipe .

O time de Henry saiu na frente no placar no Gillette Stadium com um gol de Cahill aos 26 do primeiro tempo, depois de um lançamento do francês para a área, mas os donos da casa empataram aos 41 com Charles Davies.

Na volta para o segundo tempo, Luyindula voltou a colocar os nova-iorquinos em vantagem aos sete minutos, mas viu Davies balançar as redes mais uma vez para selar o empate e a classificação do Revolution. Agora, a equipe de Boston aguarda o vencedor do duelo entre Seattle Sounders x Los Angeles Galaxy, que acontece neste domingo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.