Tamanho do texto

Clube já tem o planejamento para a próxima temporada, e aguarda pelo acerto e retorno de Cristian

O Corinthians pode ainda não ter seu técnico definido, mas está adiantado na montagem do elenco para 2015. Com participação direta de Mano Menezes, que fez renascer a possibilidade de permanecer, o clube trabalha para reforçar o time e entrar em boas condições na próxima Copa Libertadores.

Corinthians quer Cristian de volta com a camisa do clube
Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Corinthians quer Cristian de volta com a camisa do clube

Leia também:  Corinthians planeja quitar até o fim deste ano as dívidas com os jogadores

Assegurar presença na competição sul-americana - falta um ponto para a garantia matemática - permitiu que se avançasse na construção da equipe. A ideia é que cheguem ao clube do Parque São Jorge três jogadores para assumir vagas no meio-campo e no ataque.

O volante Cristian é um dos nomes. O clube espera acertar também com um "meia de imposição física", característica considerada importante na Libertadores, para atuar ao lado de Renato Augusto. No ataque, além de fechar a renovação do contrato de Guerrero, a ideia é lhe dar um parceiro de bom nível."A programação está muito bem encaminhada, de verdade. Estamos conversando sobre nossas necessidades, calculamos a parte financeira para os investimentos. Vamos fazer contratações pontuais", afirmou o gerente de futebol da agremiação, Edu Gaspar, que vem contando com a ajuda de Mano.

"Tive uma conversa muito franca com o Mano. Falei: ‘Professor, não sabemos qual vai ser o futuro nem qual vai ser o meu futuro, mas somos funcionários e temos de fazer o melhor para o Corinthians’. Ele foi muito receptivo. Estou feliz de olhar as coisas e ver a programação, o planejamento. Qualquer profissional que chegue vai estar com o rumo muito bem encaminhado", contou o dirigente.

O primeiro ponto desse planejamento é a renovação do contrato de Guerrero, algo que pode avançar em uma reunião marcada para esta sexta-feira. Leandro, atacante da Chapecoense, tem boa chance de se juntar à lista de homens de frente do plantel alvinegro.

Já não faz parte dos planos o meia Óscar Romero, irmão gêmeo de Ángel Romero, por causa da concorrência internacional. É um sonho ainda mais distante a volta do volante Paulinho, mas não é o interesse do Internacional que assusta. "Não creio que o Inter seria um adversário para nós", sorriu Edu.

Além da chegada de titulares, o Corinthians trabalha em transações consideradas menores, como a renovação do empréstimo de Fagner. Jovens que estavam emprestados e foram bem, como os zagueiros Yago e Antônio Carlos, serão reintegrados. Já Emerson depende da definição do técnico. Com Mano, ele não tem chance.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.