Tamanho do texto

Jogadores deixaram o hotel onde estavam hospedados na hora prevista para o treino. Alguns foram à praia jogar futevôlei

A manhã desta quinta-feira começou normal no hotel em que o Náutico se prepara para a última rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o qual já não tem mais chances de acesso.

Entretanto, sem perspectivas de terem os salários atrasados pagos, os jogadores decidiram não trabalhar e deixaram o local com seus carros no horário estipulado para o treinamento.

Veja como está a classificação do Campeonato Brasileiro da Série B

De acordo com um membro da diretoria de futebol, que não quis se identificar, o combinado entre diretoria e jogadores era que os dois meses de salários atrasados seriam pagos até sexta-feira. Como os atletas não sentiram confiança, resolveram não treinar. Mesmo com a greve, os jogadores não ficaram parados. A maioria se dirigiu até a praia de Boa Viagem e jogou futevôlei.

Com isso, há a possibilidade de o Náutico entrar com a equipe sub 20 na última rodada da Série B, programada para este sábado. O Timbu enfrenta a Ponte Preta, que ainda briga pelo título da competição.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.