"Creio que a atuação da Alemanha será reconhecida por seu valor", comentou o presidente da Uefa sobre o prêmio da Fifa

Presidente da UEFA, entidade responsável pelo futebol europeu, o francês Michel Platini se mostrou muito ponderado nas declarações acerca do cenário futebolístico europeu. Cansado da mesmice na disputa pela Bola de Ouro, já que desde 2008 o português Cristiano Ronaldo (com duas conquistas) e o argentino Lionel Messi (com quatro conquistas) rivalizam pelo título, o cartola defendeu que, em ano de Copa do Mundo, é justo que o melhor jogador seja um campeão do mundo.

Time alemão posa para foto com a taça da Copa
Jamie Squire/Getty Images
Time alemão posa para foto com a taça da Copa

Em consonância com o discurso proferido há quatro anos, quando Platini defendeu que o meia Xavi conquistasse a Bola de Ouro após conduzir a Espanha ao primeiro título mundial, o diretor segue dando preferência às seleções. "Creio que a atuação da Alemanha será reconhecida por seu valor e que terão muitos jogadores europeus sendo premiados. Vários jogadores mereceriam a Bola de Ouro, mas em ano de Copa do Mundo este prêmio deveria ir para um campeão do mundo", declarou em entrevista concedida à EFE , nesta quarta.

Além de falar sobre a premiação da Fifa, Platini aproveitou a estadia em Madri, capital espanhola, onde vai se reunir com membros de diversas federações europeias, para comentar sobre o atual momento dos clubes espanhóis e da renovação da seleção. "Os clubes espanhóis vem colhendo bons resultados, assim como a seleção nos últimos anos, mas creio que está chegando perto do fim do ciclo. Estou convencido que a seleção da Espanha será capaz de se reconstruir de forma sólida, com base em toda sua ideologia de jogo", comentou.

O mandatário também foi perguntado sobre o andamento dos preparativos para a Eurocopa de 2016, que terá sede na França, e sobre a polêmica com relação à disputa do Mundial no Catar, em 2022. "Sobre a Copa no Catar, tenho a opinião de que deve ser disputada no inverno e estou seguro que encontraremos uma solução para o bem dos jogadores, dos amantes do futebol e do torneio. Quanto à Eurocopa, está tudo nos conformes, não há problemas com relação aos preparativos e esperamos que o evento seja uma grande celebração do futebol mundial", comunicou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.