Técnico do São Paulo disse que o time teve dificuldades por ter de montar o elenco com a competição em andamento

O São Paulo não conseguiu impedir o Cruzeiro de conquistar o bicampeonato brasileiro. Depois da vitória por 1 a 0 sobre o Santos, neste domingo, o técnico Muricy Ramalho admitiu os méritos do time mineiro, que tem uma base desde o ano passado, enquanto o time do Morumbi passou por reformulações nos últimos meses.

Confira a tabela completa do Campeonato Brasileiro

“O que o Cruzeiro tem feito é perfeito. São dois anos de um trabalho sério, diferente da gente, que vem reformulando. Pegamos o time na zona de rebaixamento, e montamos neste segundo turno praticamente. O título do Cruzeiro foi merecido. As pessoas no futebol têm que achar outras que elas conhecem para colocar dentro dos clubes. E o Cruzeiro conhece as pessoas, por isso está desse jeito”, afirmou.

Sem título, Luis Fabiano diz que Libertadores é prêmio justo para o São Paulo

Muricy Ramalho voltou ao São Paulo no decorrer do Brasileirão do ano passado, quando o clube lutava contra o rebaixamento. O treinador já afirmou por diversas vezes que a situação interna era muito complicada na época, mas conseguiu salvar a equipe da queda, enquanto o Cruzeiro já despontava como principal time do país.

São Paulo supera o Santos em Cuiabá e garante vaga na Libertadores

No atual Brasileirão, o São Paulo ajustou mesmo sua equipe já com a competição em andamento, com as entradas de Alan Kardec e Kaká. O time paulista embalou no campeonato, mas não a ponto de tirar a liderança do Cruzeiro, que chegou aos 76 pontos.

O São Paulo tem 69 pontos e, apesar de não ter alcançado o Cruzeiro, pelo menos conseguiu a vaga antecipada para a próxima Copa Libertadores, sem contar que ainda está na semifinal da Copa Sul-americana.

“Graças a Deus estamos acabando bem o ano. É isso. O resultado é bom para quem trabalha sério. Não merecíamos outro resultado, brigamos lá em cima. O São Paulo está se reerguendo”, completou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.