Tamanho do texto

Ainda com o auxilar técnico, o Bahia recebe o clube paranaense para tentar se afastar da zona de rebaixamento

Em um verdadeiro duelo de contrastes, o tranquilo Atlético-PR , que já não briga por vaga na Libertadores da América, nem pela fuga do fantasma do rebaixamento, vai a Salvador encarar o desesperado Bahia , sábado, às 21 horas (de Brasília), na Fonte Nova. O Tricolor vive uma situação muito delicada e um tropeço em casa pode ser fatal para os planos de deixar a zona da degola nessa reta final de competição. Sem grande motivação, a não ser tentar somar o máximo de pontos ainda possíveis, o Atlético pode ter mudanças.

Confira a tabela completa do Campeonato Brasileiro

O técnico Claudinei Oliveira não poderá contar com o lateral-direito Sueliton, que levou o terceiro amarelo no empate diante do Santos, e deve promover a entrada de Mário Sérgio. Com dores no tornozelo, Deivid pode ser poupado para a entrada de Hernani.

A situação do adversário, entretanto, pode tornar a partida mais difícil do que a teoria sugere. Para o meia Bady, os donos da casa farão o jogo da vida e o Furacão, se quiser cumprir esse novo objetivo traçado, terá que se entregar em campo.

"Por ser fora de casa e o adversário precisando muito da vitória, encontraremos dificuldades. Mas tentaremos fazer o melhor e buscar a vitória, independentemente de ser fora de casa", avaliou.

A vitória sobre o Criciúma, no meio de semana, manteve as esperança do Bahia em uma arrancada final para se manter na Série A. A situação, no entanto, ainda é muito preocupante. Com 34 pontos, na 18ª colocação, o Esquadrão de Aço não depende apenas de suas forças e, em caso de tropeço, pode tornar a missão impossível.

Em relação à escalação, o técnico Charles Fabian vai aguardar uma posição do departamento médico sobre o atacante Kieza, com dores nas costas. Se confirmado o desfalque, Henrique é o favorito a ficar com a vaga.

FICHA TÉCNICA
BAHIA-BA X ATLÉTICO-PR

Local : Estádio Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data : 22 de novembro de 2014, sábado
Horário : 21 horas (de Brasília)
Árbitro : Andre Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes : Cleriston Clay Barreto Rios (Fifa-SE) e Evandro Gomes Ferreira (GO)

BAHIA : Marcelo Lomba; Railan, Lucas Fonseca, Titi e Pará; Fahel, Rafael Miranda, Bruno Paulista, Rafael Galhardo e Guilherme Santos; Kieza (Henrique)
Técnico : Charles Fabian

ATLÉTICO-PR : Weverton; Mário Sérgio, Cleberson, Gustavo e Natanael; Hernani, Paulo Dias e Bady; Marcelo, Dellatorre (Marcos Guilherme) e Cléo
Técnico : Claudinei Oliveira

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.