Tamanho do texto

A situação é complicada, pois o clube ocupa a 14ª colocação, com 39 pontos, apenas um de vantagem sobre zona de degola

Henrique lamenta chance desperdiçada pelo Palmeiras diante do Sport
SÉRGIO BARZAGHI/GAZETA PRESS
Henrique lamenta chance desperdiçada pelo Palmeiras diante do Sport

As três derrotas consecutivas aumentaram a pressão no Palmeiras na luta contra o rebaixamento neste Campeonato Brasileiro . Apesar de continuar fora da zona de queda, o atacante Henrique sabe que não há mais margem para erros e cobra uma rápida reação da equipe dirigida por Dorival Júnior.

Confira a classificação e as próximas partidas do Campeonato Brasileiro

"Tínhamos uma gordura, mas o sinal de alerta sempre esteve ligado no Palmeiras e temos de manter esse pensamento", afirmou, para avisar. "O próximo jogo é fundamental para respirar na competição. É um confronto direto e vai dizer muita coisa."

O Palmeiras já esteve na área de risco por seis rodadas, mas está fora das quatro últimas posições desde o 26º jogo. Mesmo assim, a situação é complicada, pois o clube ocupa a 14ª colocação, com 39 pontos, apenas um de vantagem sobre a zona de rebaixamento.

O alviverde chegou a esboçar uma arrancada com Dorival Júnior, ganhando confiança depois de ter vencido Chapecoense, Botafogo e Grêmio em sequência. O triunfo sobre o Bahia também deu a sensação de que o risco estava longe, mas o clube continua oscilando muito.

As derrotas no clássico contra o São Paulo e também para o time praticamente reserva do Atlético-MG colocaram a pressão para o compromisso de reabertura do Palestra Itália, na noite de quarta-feira, contra o Sport. Mesmo diante de uma festa da torcida, o Verdão exibiu mais uma vez sua limitação técnica e perdeu por 2 a 0.

"Não queríamos, nem esperávamos esse resultado. Mas agora temos de dar a volta por cima. O Palmeiras está em uma situação complicada. Vivemos um momento ruim, mas precisamos ter a cabeça boa para esse confronto direto contra o Coritiba, porque temos de recuperar esses pontos perdidos em casa", acrescentou o atacante.

A obrigação de recuperação do Palmeiras vem na série de dois compromissos no Sul do País, contra o Coritiba, domingo, no Couto Pereira, e diante do Internacional, dia 29, no Beira-Rio. O técnico Dorival Júnior já avisou que espera se reerguer nos dois jogos como visitante, para evitar uma cobrança ainda maior na rodada de encerramento, diante do Atlético-PR, no Palestra.

Mesmo assim, o elenco já percebe que pode ter de esperar até o fim da competição para saber se escapou da degola. "Serão três finais de campeonato e temos de nos preparar bem fisicamente e mentalmente. Temos de errar o menos possível. Qualquer ponto perdido é fundamental", declarou o volante Marcelo Oliveira, que cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo neste domingo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.