Jogadores foram preservados e não conversaram com a imprensa. O mesmo aconteceu após a derrota para o Sport

O Palmeiras se reapresentou na tarde desta quinta-feira, na Academia de Futebol, após a derrota por 2 a 0 para o Sport, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, que marcou a reabertura do Allianz Parque após o fechamento de quatro anos para reformas. Os titulares fizeram o protocolar treino regenerativo, e nenhum jogador apareceu para conceder entrevista coletiva, o que é habitual logo após os treinamentos.

Leia também:  Com inauguração da Arena, Palmeiras entra no top 10 das maiores rendas no Brasil

No gramado, os reservas disputaram um treino de dois toques em campo reduzido. O zagueiro Lúcio, que não foi sequer relacionado para o jogo contra o Sport por causa de uma tendinite no joelho direito, participou normalmente da atividade. O defensor, aliás, foi ao lado do meia Bernardo um dos que mais mostraram vontade durante o treino. Não foram poucas as vezes em que Lúcio chamou a atenção dos companheiros ou balançou a cabeça em sinal de reprovação por causa de algum erro.

Derrota na inauguração da arena escancara dependência do Palmeiras por Valdivia

O meia Valdivia, que desfalcou o time nos últimos dois jogos e voltou da seleção chilena com um edema na coxa esquerda, realizou tratamento no departamento médico e segue como dúvida para a partida decisiva do próximo domingo, contra o Coritiba, na capital paranaense. Se o Mago não jogar, Felipe Menezes deve ser mantido na equipe. Outra incógnita é o zagueiro Tobio, que deixou o gramado na última quarta-feira reclamando de dores na coxa direita. O argentino participou do treino regenerativo com os demais titulares, mas ainda não sabe se joga. Caso Tobio não tenha condição, a tendência natural é que Lúcio seja escalado.

Nova humilhação do time enfraquece Paulo Nobre nas eleições do Palmeiras

Se ainda alimenta a esperança de contar com Valdivia e Tobio no domingo, o técnico Dorival Júnior sabe que não terá à disposição o volante Marcelo Oliveira, capitão na reabertura do Palestra Itália, que recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Sport e cumprirá suspensão automática. Em contrapartida, o atacante Cristaldo, que estava suspenso diante dos pernambucanos, volta a ser opção.

Com 39 pontos, o Palmeiras aparece na 14ª colocação, a apenas três pontos da Chapecoense, primeiro time da zona de rebaixamento. A vantagem sobre o Coritiba, 16º colocado e adversário do próximo domingo no estádio Couto Pereira, é de um ponto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.