Equipes têm 30 e 31 pontos na tabela, respectivamente. Primeiro fora da zona de rebaixamento é o Coritiba, com 36

Os dois últimos colocados do Campeonato Brasileiro se enfrentam nesta quarta-feira. O lanterna Criciúma recebe o penúltimo Bahia, às 21h (de Brasília), no estádio Heriberto Hulse. Apesar de situação muito complicada, os dois times ainda sonham com a salvação no Nacional.

O clube catarinense tem problemas para atuar nesta quarta-feira, já que os atacantes Lucca e Maurinho e o volante Martinez desfalcam a equipe por conta do terceiro cartão amarelo. A dupla de frente deve ser formada por Souza e Bruno Lopes neste compromisso.

"Não podemos baixar a cabeça. Enquanto houver chances, não podemos desistir. Temos que lutar até o fim", afirmou o meio-campista Cléber Santana. Com 30 pontos, o Criciúma precisa vencer seus quatro jogos até o fim e ainda torcer por tropeços dos concorrentes para escapar da degola.

Já o Bahia tem 31 pontos e também necessita de triunfos nas rodadas que ainda restam. O Tricolor ainda não poderá contar nesta quarta-feira com o zagueiro Demerson, o meia Emanuel Biancucchi e o atacante Maxi Biancucchi, que estão entregues ao departamento médico.

Desta forma, o técnico Charles Fabian deve repetir a escalação que foi derrotada em casa pelo Corinthians na rodada passada do Campeonato Brasileiro. Para se reerguer, o time precisa quebrar uma série de nove jogos sem vitórias no Nacional.

FICHA TÉCNICA
CRICIÚMA X BAHIA

Local: Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC)
Data: 19 de novembro de 2014, quarta-feira
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Carlos Augusto Nogueira Júnior (ambos de SP)
Assistentes adicionais: Rodrigo Guarizo do Amaral e Marcelo Prieto Alfieri (ambos de SP)

CRICIÚMA: Bruno; Luís Felipe, Fábio Ferreira, Joílson e Cortez; Rafael Pereira, João Vítor, Paulo Baier e Cléber Santana; Bruno Lopes e Souza
Técnico: Toninho Cecílio

BAHIA: Marcelo Lomba; Railan, Lucas Fonseca, Titi e Pará; Fahel, Rafael Miranda, Bruno Paulista, Galhardo e Guilherme Santos; Kieza
Técnico: Charles Fabian

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.