Equipe do interior paulista fez 2 a 0 em Itápolis e deixa time pernambucano sem chances de acesso à elite em 2015

Acabou a festa. O Náutico não tem mais chances de chegar à Série A do Campeonato Brasileiro. Nesta terça-feira, o Timbu foi derrotado por 2 a 0 pelo Oeste, em Itápolis, no Estádio dos Amaros, pela 36ª rodada da competição. O resultado garantiu a permanência do Rubrão na segunda divisão em 2015. Os gols foram marcados por João Denoni e Wagninho.

Pela frente, o Oeste tem Boa Esporte e Joinville. Já o Náutico, ainda encara América-RN e Ponte Preta antes de encerrar a temporada de 2015. Dessa forma, as duas equipes ainda têm adversários complicados pela frente.

Veja como está a classificação do Campeonato Brasileiro da Série B

Oeste faz bem papel de anfitrião e vai ao intervalo com vantagem
Jogando nos Amaros, o Oeste conseguiu fazer o que pretendia no primeiro tempo: furar a meta o ainda sonhador Náutico. Mesmo com o estádio vazio, a equipe de Itápolis soube impor seu ritmo de jogo e não demorou a abrir o placar.

Aos 13 minutos, João Denoni recebeu na entrada da área, limpou a marcação e bateu forte para o gol. A bola ainda desviou na defesa, suficiente para enganar o goleiro Júlio César e dar o primeiro gol ao Oeste.

Depois do gol, o Náutico bem que tentou equilibrar a partida, mas os esforços foram em vão, posto que o jogo ficou mais truncado e morno, com poucas oportunidades de gol. Assim, o Timbu foi ao intervalo com a certeza de que precisaria fazer mais, caso ainda quisesse manter vivo o sonho de chegar à elite.

Rubrão amplia logo no começo e sacramenta vitória
Depois de bela trama no ataque, o Oeste ampliou a vantagem logo no início do segundo tempo. Wagninho, camisa 9 de origem, aproveitou a sobra e mandou para o fundo das redes com muita calma. 2 a 0 para o time de Itápolis.

Na sequência, uma confusão na lateral do gramado deixou as duas equipes com um a menos em campo: Paulinho foi o expulso do Náutico e Jefferson Paulista deixou o gramado pelo lado do Oeste.

Abatido, o Náutico já não conseguia lutar para reagir nem no primeiro tempo, então acabou sofrendo ainda mais com as boas descidas ao ataque do Oeste, que quase aumentou a vantagem com o inspirado Wagninho.

FICHA TÉCNICA
OESTE 2 X 0 NÁUTICO

Local: Estádio dos Amaros, em Itápolis (SP)
Data: 18 de novembro de 2014, terça-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Bruno Arleu de Araujo, do Rio de Janeiro (RJ)
Assistentes: João Luiz Coelho de Albuquerque (RJ) e Luis Torquato Guerra (DF)
Cartões amarelos: Wagninho, Christiano, João Denoni (Oeste) e Neilson, Renato Chaves e Cañete (Náutico)
Carões vermelhos: Jefferson Paulista (Oeste) e Paulinho (Náutico)
Gols: João Denoni, aos 13 minutos do PT e Wagninho aos 2 minutos do ST (Oeste)

OESTE: Anderson (Paes); Ezequiel, Halisson, Daniel Gigante e Dênis; Dionísio (Leandro Melo), João Denoni, Jefferson Paulista, Lelê; Wagninho, Cristiano.
Técnico:
Roberto Cavalo

NÁUTICO: Júlio César; Neilson, Renato Chaves, Luiz Alberto e Gaston Filgueira; João Ananias, Paulinho, Cañete (Leleu); Sassá, Bruno Furlan (Raí) e Marinho.
Técnico: Dado Cavalcanti

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.