Tamanho do texto

Ilhan Cavcav, que administra o Gençlerbirligi, time da primeira divisão local, ameaça com punição quem descumprir a norma

Uma curiosa decisão de um cartola do futebol turco criou polêmica em seu país. Presidente do Gençlerbirligi, time da primeira divisão local, Ilhan Cavcav exigiu que todos os jogadores de sua equipe façam a barba diariamente, sob risco de punição.

"Tenho 80 anos e faço minha barba todas as manhãs. Quando se é um atleta, é preciso ser um modelo para a juventude", justificou o cartola do time de Ankara, capital da Turquia, em declarações à Dogan .

Juventus prepara proposta por Daniel Alves, diz jornal italiano

A pena para quem descumprir a ordem e aparecer nos treinos ou nos jogos com a barba por fazer é de 30 mil euros (R$ 97 mil), segundo o próprio dirigente.

O cartola também revelou ter pedido à Federação Turca que a regra fosse estendida a todos os clubes da Turquia, mas acabou não sendo atendido. Atualmente, o Gençlerbirligi ocupa o nono lugar na primeira divisão do Campeonato Turco.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.