Sem pretensões no Brasileirão, Santos recebe líder para vingar derrota na Copa do Brasil e atrapalhá-lo na luta pelo título

Com ambições diferentes, Santos e Cruzeiro reeditam a semifinal da Copa do Brasil, agora pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, as 17 horas deste domingo, na Vila Belmiro, palco da partida que marcou a classificação mineira à final do torneio de mata-mata.

Veja a classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

Em oitavo lugar na tabela de classificação, a 11 pontos do G-4, o Santos joga apenas para honrar a camisa e seus torcedores, já que não briga por nenhum tipo de conquista no ano, nem mesmo por uma vaga na próxima Libertadores da América. Já a Raposa, além de finalista da Copa do Brasil, é líder do Brasileirão e sonha com uma vitória neste domingo para encaminhar o Bi.

Santos e Cruzeiro se enfrentaram pela Copa do Brasil e o time mineiro levou a melhor
RICARDO SAIBUN/Gazeta Press
Santos e Cruzeiro se enfrentaram pela Copa do Brasil e o time mineiro levou a melhor

"É um jogo especial por se tratar da melhor equipe do Brasil nos últimos anos, mas a principal motivação nossa é a vitória, temos de vencer, voltar a vencer. O time tem capacidade para isso. Acho que nos últimos jogos, menos contra o Corinthians, jogamos com o perfil de vencer", disse o técnico Enderson Moreira, refutando qualquer sentimento de ‘vingança’.

O Cruzeiro já iniciou a contagem regressiva para comemorar o título da competição nacional. Faltando cinco jogos para terminar o Brasileirão, a Raposa entende que três vitórias garantem a taça, por isso, o duelo contra o Santos é considerado como fundamental para as pretensões celestes. O meia-atacante Everton Ribeiro afirma que derrotar o Santos dará moral para os mineiros, que perderam a primeira partida da final da Copa do Brasil.

"A gente conseguindo essa vitória diante do Santos a gente dá um passo muito grande rumo ao título, temos que estar todo mundo atento para buscar este resultado, que será muito bem-vindo para a gente", declarou.

Os santistas já deixaram claro durante a semana que facilitar as coisas para o Cruzeiro para não acabar beneficiando o São Paulo, concorrente dos mineiros na briga pela Taça, está fora de cogitação. Enderson Moreira, aliás, fez questão de tirar o caráter decisivo do duelo deste domingo."Não é esse jogo que vai fazer com que um time possa ser ou não campeão, é tudo aquilo que ele construiu na temporada toda. Não temos esse tipo de preocupação. Queremos sempre vencer, buscar sempre as vitórias. Nosso compromisso com a instituição é de fazer sempre o nosso melhor", avisou o treinador.

Atuando em duas frentes, Brasileiro e Copa do Brasil, o Cruzeiro tem sofrido com o desgaste pelo excesso de partidas, mas o técnico Marcelo Oliveira deixa claro que o revés ante o Atlético-MG não muda nada no planejamento cruzeirense.

"Não muda uma vírgula, temos um ano brilhante, podemos fazer história com dois títulos brasileiros consecutivos, depois vamos pensar na Copa do Brasil novamente", disse.

No Santos, David Braz, com uma hérnia na cervical, Edu Dracena, suspenso, Mena, com a seleção chilena, e Geuvânio, ainda em recuperação de uma lesão na coxa, desfalcam a equipe. Arouca também é dúvida por causa de uma amigdalite. Com isso, Bruno Uvini, Neto e Caju foramrão a linha de defesa ao lado de Cicinho e Renato pode iniciar jogando no lugar do camisa 5. Na frente, Thiago Ribeiro está de volta, mas começa no banco. Rildo, Robinho e Gabriel seguem no time principal.

Já no Cruzeiro, o treinador já poderá contar com os retornos de Marquinhos, que não pode jogar a Copa do Brasil e o volante Lucas Silva, que cumpriu suspensão diante do Criciúma na rodada passada do Brasileiro. Em compensação, o lateral Mayke e zagueiro Léo estão inabilitados para jogar por excesso de cartões amarelos. Já o zagueiro Dedé segue no departamento médico.

No primeiro turno, o Cruzeiro fez 3 a 0 no Santos, no Mineirão. Dos dois duelos pela Copa do Brasil, a Raposa também venceu o jogo de ida, em casa, por 1 a 0, e depois confirmou a classificação ao empatar na Vila por 3 a 3.

FICHA TÉCNICA:
SANTOS X CRUZEIRO

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 16 de novembro de 2014, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro : Alinor Silva da Paixao (MT-CBF-1)
Assistentes: Cristhian Passos Sorence (GO-ESP-2) e Fabio Rodrigo Rubinho (MT-CBF-1)

SANTOS: Aranha, Cicinho, Neto, Bruno Uvini e Caju; Alison, Renato (Arouca) e Lucas Lima; Rildo, Gabriel e Robinho.
Técnico: Enderson Moreira

CRUZEIRO: Fábio; Ceará, Manoel, Bruno Rodrigo e Samudio; Henrique, Lucas Silva, Everton Ribeiro e Ricardo Goulart; Willian e Marcelo Moreno.
Técnico: Marcelo Oliveira

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.