Tamanho do texto

Jogador estava na seleção, mas, com uma inflamação no púbis, ele não pode participar dos treinamentos com a equipe

Balotelli (direita) brinca com Alessio Cerci durante treino da seleção italiana
Fabrizio Giovannozzi/AP
Balotelli (direita) brinca com Alessio Cerci durante treino da seleção italiana

O atacante Mario Balotelli parece não ter convencido o técnico da seleção italiana, Antonio Conte, sobre sua lesão no púbis. O problema, que ficou mal explicado e gerou muitas dúvidas, tirou o jogador dos compromissos da Itália e irritou o novo comandante - essa foi a primeira convocação do jogador do Liverpool à equipe nacional e ele nem sequer entrará em campo.

Os compromissos são um jogo contra a Croácia, pelas Eliminatórias da Eurocopa de 2016, crucial para a sequência da Azurra no grupo, e um amistoso contra a modesta seleção da Albânia. O curioso da história é que Balotelli treinou normalmente durante toda a semana, sem levantar qualquer suspeita de que estaria com problemas físicos.

"Balotelli não tem ressentimento, mas uma inflamação no púbis. Não podia treinar. Na sexta-feira, não conseguiu. No domingo, também não iria. Por isso, é inútil ter aqui gente que não pode treinar. Estamos aqui para falar sempre do mesmo? Mario esteve conosco pela primeira vez. Eu analisei o seu trabalho da mesma forma que fiz com todos os outros novatos", disse, claramente irritado, Antonio Conte.

Recém-contratado pelo Liverpool, Balotelli ainda não rendeu o que os ingleses esperavam. Recentemente, Steven Gerrard chegou a pedir mais paciência aos torcedores, acostumados com o futebol do uruguaio Luis Suárez.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.