Sob forte chuva, equipe mineira venceu por 3 a 0 no Horto e manteve viva a chance de atingir o acesso à elite nacional

A torcida do América-MG, que resolveu encarar a forte chuva que castigou Belo Horizonte nesta sexta-feira ficou satisfeita no Independência. O Coelho encontrou dificuldades no primeiro tempo, mas deslanchou na etapa final e venceu o Avaí por 3 a 0, em confronto direto para as equipes se manterem na briga por um lugar no G4 da Série B do Campeonato Brasileiro.

Veja como está a classificação do Campeonato Brasileiro da Série B

O primeiro gol do jogo saiu logo no comecinho do segundo tempo, e veio da cabeça do zagueiro Adalberto, desviando cobrança de falta. Obina, de pênalti, dilatou o marcador e Willians fechou a contagem. Com o resultado, o América-MG chega aos 52 pontos, evita a subida do Avaí na tabela e segue com chances de entrar no G4. Já os catarinenses estacionam nos 53 e podem perder posições no complemento da rodada.

Na sequência da Série B do Campeonato Brasileiro, o América-MG terá compromisso fora casa, visitando o Luverdense na próxima terça-feira, no estádio Passo das Emas. No mesmo dia, o Avaí vai receber a rebaixada Portuguesa na Ressacada.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-MG 3 x 0 AVAÍ

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 14 de novembro de 2014, sexta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza – SP (CBF-2)
Assistentes: Carlos Augusto Nogueira Junior – SP (CBF-1) e Alex Alexandrino – SP (CBF-1)
Cartões amarelos: Adalberto, Raul e Gilson (América-MG); Marquinhos e Eduardo Costa (Avaí)
Cartão vermelho: Obina (América-MG)

GOLS:
AMÉRICA-MG: Adalberto (aos 2 minutos do segundo tempo), Obina (aos 15 minutos do segundo tempo) e Willians (aos 26 minutos do segundo tempo)

AMÉRICA-MG: João Ricardo; Pablo, Adalberto, Vitor Hugo e Raul; Leandro Guerreiro (Thiago Santos), Andrei Girotto, Mancini (Renan Oliveira) e Gilson; Willians (Magrão) e Obina
Técnico: Givanildo Oliveira

AVAÍ: Vagner; Bocão (Diego Felipe), Antonio Carlos, Pablo e Eltinho; Eduardo Costa, Revson (Diego Viana), João Filipe e Marquinhos; Roberto e Anderson Lopes (Bruno Mendes)
Técnico: Geninho

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.