Na história do futebol, são muitos os jogadores que tiveram que abandonar os gramados antes da hora por conta de lesões crônicas. Meiaa-atacante alemão tem problema no tornozelo

Marco Reus já teve 3 lesões sérias no tornozelo nos últimos seis meses
Reprodução
Marco Reus já teve 3 lesões sérias no tornozelo nos últimos seis meses

O meia-atacante Marco Reus, do Borussia Dortmund, é um dos maiores nomes do futebol alemão na atualidade. Tanto que vem sendo especulado há tempos em grandes clubes da Europa, como Barcelona, Real Madrid, Arsenal, Liverpool, Manchester United e Bayern de Munique. Porém, o atleta não consegue manter uma sequência de jogos por conta de uma lesão crônica no tornozelo.

Em menos de seis meses, Reus já sofreu três sérios problemas no local, perdendo, inclusive, a chance de ser campeão com a Alemanha na Copa do Mundo. Na véspera da viagem para o Brasil, o jogador se lesionou no final do amistoso contra a Armênia e foi cortado do grupo - ele teve que passar por cirurgia.

Após a Copa, o meia voltou a ser convocado para seleção e estreou na Euro 2016 contra a Escócia, mas de novo machucou o tornozelo. Depois de outro período de recuperação, Marco Reus retornou aos gramados e teve um novo problema no local, no duelo contra o M'gladbach, fazendo com que fosse desconvocado dos duelos contra Gibraltar, pela Euro, e Espanha, amistoso em Vigo.

Reus já não é mais nenhum garoto. Aos 25 anos de idade, o tornozelo é uma preocupação real do atleta, que deve conviver com o problema no restante da carreira. No futebol, os jogadores costumam atuar até os 36 ou 37 anos de idade, mas são muitos os casos de problemas crônicos de lesões que fizeram alguns atletas abandonarem os campos de forma precoce. Confira na galeria abaixo:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.