Técnico do time gaúcho teve de escalar o Inter com três zagueiros, mas disse que alguns jogadores estavam fora de ritmo e precisava fechar a "casinha"

O técnico Abel Braga adotou uma estratégia bastante defensiva para enfrentar o São Paulo no estádio do Morumbi, na noite desta quarta-feira. Mesmo assim, depois do empate por 1 a 1, o treinador do Internacional explicou que o esquema com três zagueiros não deve ser repetido em outras partidas.

Leia mais: Lance irregular e goleiro do Internacional brecam São Paulo no Morumbi

"Esqueça (a tática com três zagueiros). São poucos times que têm tantos jogadores assim (como o São Paulo). Foi uma necessidade, até por alguns jogadores não estarem com o ritmo ideal, precisávamos fechar a casinha. Não serão três zagueiros (na próxima partida)", avisou.

Confira classificação, jogos, notícias e artilharia do Brasileirão

Depois da derrota por 4 a 1 para o rival Grêmio na rodada anterior, o Inter chegou muito pressionado ao Morumbi, e o treinador armou o time com Ernando, Alan Costa e Paulão atrás.O Colorado saiu na frente no placar, com um gol de Paulão em posição irregular. O São Paulo pressionou até chegar ao empate, com Luis Fabiano, mas encontrou um caminho para virar. "O São Paulo foi melhor, jogou mais, mas não conseguiu ultrapassar a barreira que montamos. O time deles é muito bom", avaliou.

A partida desta quarta-feira foi antecipada da 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, para viabilizar a participação do São Paulo na semifinal da Copa Sul-americana. Com o empate no Morumbi, o Colorado fica com 57 pontos, no terceiro lugar, e tem novo compromisso agendado para domingo, contra o Goiás, no Beira-Rio.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.