Rivais de Minas Gerais iniciam nesta quarta-feira disputa pelo título e por uma vaga na Copa Libertadores de 2015

Nilton disputa a bola com Diego Tardelli em Atlético-MG x Cruzeiro
Yuri Edmundo/Gazeta Press
Nilton disputa a bola com Diego Tardelli em Atlético-MG x Cruzeiro

O maior clássico de Minas Gerais passa a ser o maior clássico do Brasil neste mês. Atlético-MG e Cruzeiro iniciam nesta quarta-feira, um disputa de título inédita em âmbito nacional. Os rivais se enfrentam às 22h (de Brasília), no Independência, no duelo de ida da grande final da Copa do Brasil , que mobiliza Belo Horizonte e todo o país.

As duas equipes têm sido apontadas como as melhores do Brasil na atualidade e, desde a temporada passada, têm jogado grande futebol, com o Galo campeão da Libertadores e com a Raposa levando o título do Brasileiro por antecipação. Os jogadores das duas equipes projetam um grande clássico para entrar definitivamente na história.

"Estou c... para a decisão do Cruzeiro", diz Alexandre Kalil sobre ingressos

"Será um jogaço, o clássico dos clássicos, um jogo importantíssimo, uma final inédita onde muita coisa vai acontecer, muita coisa boa e estamos nos preparando muito para essa final para que a gente possa, nesses dois jogos, colher um resultado excelente que é o título, mas vamos trabalhar, vai ser um jogão que a gente espera disputar bem, fazer um grande jogo no Independência", disse o zagueiro atleticano Leonardo Silva.

O atacante Marcelo Moreno também espera um grande jogo. "Cada jogo tem a sua história. É mais um clássico, qualquer jogador quer estar em campo. É tentar fazer um resultado. Sabemos que temos o jogo de volta no Mineirão, onde somos fortes. Vamos tentar fazer um jogo inteligente no Independência, contra um rival que conhecemos bem. Vamos tentar fazer um jogo inteligente e maduro. É conseguir um resultado favorável, pois sabemos que temos um jogo importante no Mineirão", declarou.

Cruzeiro desiste de carga de ingressos para primeira final e ataca Atlético-MG

Nos dias que antecederam o clássico, as duas equipes trataram de descansar o máximo os jogadores, que tem sofrido com o desgaste pelo excesso de jogos. No caso do Cruzeiro, o cansaço pode pesar um pouco mais já que o time jogou com o titulares no domingo, enquanto os reservas do Atlético-MG jogaram no sábado.

Atleticanos e cruzeirenses travaram um duelo antecipado por conta da escolha dos mandos de campo e pela divisão de torcidas. Apostando no fantástico retrospecto atuando no Independência, a cúpula do Galo escolheu jogar no Horto. Em 87 jogos no estádio, o Atlético-MG perdeu apenas três partidas, sendo que ainda não foi derrotado pelo arquirrival depois da reinauguração.

Faltando pouco mais de 24 horas para o início da partida, o Atlético-MG restringiu a carga de ingressos para o Cruzeiro em apenas 8%, menos que os 10% previstos pela CBF, o que fez a diretoria celeste abrir mão dos bilhetes, o que deixa o maior clássico de todos os tempos entre atleticanos e cruzeirenses com apenas uma torcida.

Além dos ingredientes que esquentaram o superclássico nos bastidores, dentro de campo, o duelo também promete ser eletrizante. Victor, Leonardo Silva e Tardelli pelo lado do Atlético-MG e Ricardo Goulart, Everton Ribeiro e Marcelo Moreno vão brigar pelo protagonismo na partida que terá os holofotes de todo o Brasil.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG X CRUZEIRO

Local : Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data : 12 de novembro de 2014, quarta-feira
Horário : 22h (de Brasília)
Árbitro : Marcelo de Lima Henrique (Fifa/RJ)
Assistentes : Emerson Augusto de Carvalho (Fifa/SP) e Rodrigo F. Henrique Correa (ESP-1/RJ)
ATLÉTICO-MG : Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Jemerson e Douglas Santos; Josué (Maicosuel), Leandro Donizete, Dátolo e Tardelli; Luan e Carlos
Técnico : Levir Culpi
CRUZEIRO : Fábio; Mayke, Bruno Rodrigo, Léo e Egídio; Lucas Silva, Henrique, Everton Ribeiro e Ricardo Goulart; Willian e Marcelo Moreno
Técnico : Marcelo Oliveira

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.