Equipe de Campinas derrotou o Bragantino por 2 a 0, com gols marcados por Alexandro (em pênalti polêmico) e Roni no segundo tempo

Jogadores da Ponte Preta comemoram retorno à Série A após vitória por 2 a 0 sobre o Bragantino
Rodrigo Villalba/Futura Press
Jogadores da Ponte Preta comemoram retorno à Série A após vitória por 2 a 0 sobre o Bragantino

A Ponte Preta está de volta à Série A do Campeonato Brasileiro. Na tarde deste sábado, a equipe de Campinas foi ao Estádio Nabi Abi Chedid e derrotou o Bragantino por 2 a 0, com gols marcados por Alexandro (em um pênalti polêmico) e Roni no segundo tempo, confirmando o seu acesso.

Veja a classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias da Série B de 2014

Com o resultado, a Ponte ainda retomou a liderança da Série B, com 67 pontos ganhos, contra 66 do segundo colocado Joinville. Já o Bragantino, somando 39, continua ameaçado de rebaixamento para a terceira divisão.

Na tentativa de aproveitar o melhor momento para fazer a festa fora de casa, a Ponte Preta adotou uma postura ofensiva, sob os cuidados do técnico Guto Ferreira, suspenso pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e presente em um dos camarotes do estádio. Nas arquibancadas, a torcida campineira gritou alto desde os primeiros minutos.

Foi por pouco que o público visitante não comemorou um gol já no primeiro tempo. Um dos líderes do time, Renato Cajá assustou o Bragantino com chutes de longe e também em uma cobrança de falta, aos 22 minutos. Rafael Costa emendou de bicicleta, mas errou o alvo.

Ao Bragantino, restaram na maioria das vezes os contra-ataques – Luisinho desperdiçou um gol dessa forma, já no final da primeira etapa. Porque as melhores chances ainda eram da Ponte. Aos 43, Alexandro recebeu a bola de Cajá e bateu com curva, acertando a trave.

No segundo tempo, a Ponte apostou na entrada de Erick no lugar de Washington, para ter mais movimentação no ataque. Deu certo. Com velocidade, o jogador logo se tornou referência para o time visitante incomodar o Bragantino.

Quem foi decisivo para a abertura do placar, no entanto, foi Roni. Ele cavou um pênalti depois de encontrar Tobi dentro da área. Aos 31 minutos, depois de muita reclamação do Bragantino, Alexandro deslocou o goleiro Matheus na cobrança e converteu.Já aos 43, a Ponte sacramentou o retorno à primeira divisão. Roni avançou com liberdade e arriscou o chute da entrada da área. Adiantado, Matheus deixou a bola passar e acabou com as esperanças do Bragantino de tirar pontos da equipe de Campinas.

Na sexta-feira, a Ponte Preta fará confronto direto pela liderança da Série B, contra o Joinville, fora de casa. Já o Bragantino receberá o Santa Cruz no dia seguinte, novamente no Nabi Abi Chedid.

FICHA TÉCNICA - BRAGANTINO 0 X 2 PONTE PRETA

Local: Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)
Data: 8 de novembro de 2014, sábado
Horário: 16h20 (Brasília)
Árbitro: Flávio Rodrigues Guerra (SP)
Assistentes: Vicente Romano Neto e Marco Antônio Júnior (ambos de SP)
Cartões amarelos: Robertinho, Tobi, Bruno Recife e Léo Jaime (Bragantino). Adilson Goiano (Ponte)
Gols: PONTE PRETA: Alexandro, aos 31, e Roni, aos 43 minutos do segundo tempo

BRAGANTINO: Matheus Inácio; Robertinho, Tobi, Leonardo e Bruno Recife; Anderson Uchoa, Geandro, Sandro (Magno) e Luisinho (Caboré); Léo Jaime e Washington (Erick)
Técnico: André Gaspar

PONTE PRETA: Roberto; Rodnei, Tiago Alves, Gilvan e Bryan; Adílson Goiano (Juninho), Fernando Bob e Renato Cajá; Cafu, Alexandro (Raphael Silva) e Rafael Costa (Roni)
Técnico: Guto Ferreira

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.