Alto salário e início de temporada ruim motivam diretoria do clube a pensar necessidade de mantê-lo na equipe

Incontestável no Manchester City desde sua chegada, há três anos e meio, o volante Yaya Touré já não é mais unanimidade dentro do clube. Segundo o The Times , as atuações abaixo da média do marfinense no início da temporada têm preocupado os dirigentes.

Veja a classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Inglês

Também levando em conta o alto salário do atleta de 31 anos, que recebe 153 mil euros (R$ 486 mil) por semana, a comissão técnica e os dirigentes da equipe inglesa já estudam a possibilidade de colocar Touré no mercado nas próximas janelas de transferências.

Ainda segundo a publicação, a situação do marfinense é acompanhada de perto por diversos clubes, sobretudo do futebol inglês. Manchester United, Arsenal, Chelsea, Liverpool e Paris Saint-Germain já teriam demonstrado interessa na contratação.

Tido como um dos melhores do mundo em sua posição na última temporada, Yaya Touré foi indicado ao prêmio Bola de Ouro da Fifa desta temporada. O marfinense também venceu nos últimos três anos o prêmio de Futebolista Africano do Ano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.