Tamanho do texto

Time do Mato Grosso ocupa a zona intermediária da Série B e ainda tem possibilidades matemáticas de alcançar o G4 da competição - são sete pontos de diferença para o Avaí

Se o Luverdense vive uma situação complicada na tabela da Série B , com chances reduzidas de conquistar o acesso à elite do futebol nacional, a já rebaixada Portuguesa entra em campo apenas para cumprir as cinco rodadas restantes e avaliar a equipe para a disputa da Terceirona. Com objetivos tão diferentes, os dois times se enfrentam no Canindé neste sábado, às 21 horas (de Brasília). Atualmente, a Lusa é a lanterna do Campeonato com apenas 21 pontos somados, enquanto o time de Lucas do Rio Verde é o 11º com 46.

Confira a classificação e os próximos jogos da Série B

Nessa semana, a Portuguesa deu início à reformulação para a próxima temporada, incluindo até mesmo mudanças extracampo. Na quinta-feira, o clube anunciou as demissões do diretor de futebol Fernando Gomes, e do gerente de futebol Carlos Luppo, mais conhecido como Carioca.

Além dos cartolas, os volantes Jocinei e Allan Dias também tiveram seus contratos rescindidos, e o zagueiro Rafael Perez e o meia Djalma já negociam a saída da Lusa. Internamente, especula-se que o técnico José Augusto não deve ser mantido para o ano que vem.

A queda da Portuguesa para a Série C - a primeira da história do clube - foi cravada na última rodada, quando a equipe perdeu por 3 a 0 diante do Oeste, em Itápolis, acabando com qualquer chance de permanecer na Segundona.

O adversário da vez, o Luverdense, tem problemas menores em mente, já que ocupa a zona intermediária da tabela e ainda tem possibilidades matemáticas de alcançar o G4 da competição - são sete pontos de diferença para o Avaí, quarto colocado, e ainda restam 15 em disputa. Além disso, depois de quase três meses, a equipe voltou a vencer duas partidas seguidas, contra Oeste e Avaí.

Apesar da tranquilidade na classificação, o time de Lucas do Rio Verde sofre com os salários atrasados, confirmados nessa semana por Maico Gaúcho, técnico e gerente de futebol do clube.

O único desfalque certo do Verdão do Norte para o confronto é o camisa 10 Rubinho, que sofreu uma lesão no joelho e deve ficar de fora pelo restante da temporada. O jogador ainda será reavaliado na capital paulista, na clínica do Doutor Joaquim Grava, médico do Corinthians, para saber a gravidade da lesão. O atleta deve ser substituído por Washington. No entanto, Felipe Alves corre por fora na briga pela vaga, já que o jogador ficou de fora do duelo com o Avaí por questões contratuais.

A novidade na equipe é o retorno do volante Júlio Terceiro, que cumpriu suspensão automática na última rodada e está confirmado como titular, ao lado de Carlão e Gilson. No ataque, Léo e Reinaldo brigam pela chance de atuar ao lado de Misael, garantido entre os 11 iniciais.

"Vamos enfrentar um time que tem história e tradição no futebol brasileiro. Sabemos que a Portuguesa não está bem e já está rebaixada na competição, mas na hora que a bola rolar, ninguém vai se lembrar disso e todos buscarão a vitória e os três pontos. Temos que entrar com um nível de concentração altíssimo e realizar um grande jogo", afirmou o técnico Maico Gaúcho, que teve um intervalo de 11 dias para treinar a equipe, desde o jogo contra o Avaí.

FICHA TÉCNICA
PORTUGUESA X LUVERDENSE

Local: Estádio do Canindé, em São Paulo (SP)
Data: 08 de novembro de 2014, sábado
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Eduardo Cordeiro Guimarães (RJ)
Assistentes: Luiz Claudio Regazone (RJ) e Andrea Izaura Maffra Marcelino de Sá (RJ)

PORTUGUESA: Rafael Santos; Bruno Ferreira, Brinner, Mateus Alonso e Diego Augusto; Renan, Bruno Piñatares, Léo Costa, Gabriel Xavier e Felipe Nunes; Jânio
Técnico: José Augusto

LUVERDENSE: Gabriel Leite; Jean Patrick, Zé Roberto, Renato e Edinho; Carlão, Gilson, Júlio Terceiro e Washington (Felipe Alves); Misael e Léo (Reinaldo)
Técnico: Maico Gaúcho

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.