Tamanho do texto

"Não é fácil jogo aqui, é uma partida que merece ser valorizada. Todos têm que ser exaltados", avaliou o técnico do Cruzeiro

O técnico Marcelo Oliveira usou parte da entrevista coletiva após a classificação em cima do Santos para elogiar o atacante Willian, que marcou dois gols contra o Peixe, virando protagonista da partida. O jogador atuou no sacrifício já que fraturou a costela, e mesmo assim entrou em campo para ajudar a Raposa.

Santos abre 3 a 1, mas Willian comanda empate da classificação do Cruzeiro

O comandante celeste aprovou a exibição de Willian, que teve que jogar já que Marquinhos não tem condições de jogo na Copa do Brasil. "Ele teve uma atuação excepcional. Foi taticamente obediente e extrapolou em todos os quesitos. Foi bem tecnicamente do começo ao fim e conseguiu levar até o final, mesmo com um cartão amarelo", declarou.

Willian fez dois gols pelo Cruzeiro contra o Santos, na semifinal da Copa do Brasil
Getty Images
Willian fez dois gols pelo Cruzeiro contra o Santos, na semifinal da Copa do Brasil

Com vários jogadores desgastados, o técnico Marcelo Oliveira acabou perdendo o zagueiro Dedé o meia-atacante Everton Ribeiro, que deixaram o campo mais cedo contra o Santos. Com isso, o treinador celeste acabou sendo obrigado a usar Bruno Rodrigo e Samudio, jogadores que retornaram de lesão recentemente.

Diante das dificuldades que o time cruzeirense encontrou na Vila Belmiro, Marcelo Oliveira afirma que a vaga tem que ser valorizada. "Não é fácil jogo aqui, é uma partida que merece ser valorizada. Todos têm que ser exaltados. Precisei destes dois que estavam de fora há mais tempo e eles corresponderam. Eles merecem muito, porque acreditaram", comentou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.