Em busca de uma vaga na Libertadores, equipe irá enfrentar o Santos em Itaquera no próximo domingo pela 33ª rodada do Brasileirão. Time é o sétimo colocado

Após uma segunda-feira de folga e uma terça de trabalhos físicos, Mano Menezes começou efetivamente a preparar o Corinthians para a partida de domingo, contra o Santos, em Itaquera, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro . Cássio, Anderson Martins e Renato Augusto não participaram da atividade de quarta, mas nenhum será desfalque no clássico.

Cássio chegou a iniciar o treino com os demais goleiros, mas teve um problema na mão e interrompeu a movimentação. O zagueiro e o meio-campista ficaram na parte interna do centro de treinamento, cautela por causa do desgaste muscular acusado após o empate com o Coritiba.

Sem eles, Mano observou um treinamento em campo reduzido, com o objetivo de fazer a bola passar por duas pequenas traves de cada lado, montadas com cones. A atividade sugeria mudanças na equipe titular, embora houvesse alguma mistura e ainda haja muitos treinos na semana.

A formação tinha Bruno Henrique, Elias e Lodeiro preenchendo a faixa central. À frente, Malcom atacava à direita, com Gustavo Tocantins na esquerda e Guerrero no comando. Com Renato Augusto na vaga do garoto Tocantins, é possível fazer um esboço. Além de Guerrero, o lateral esquerdo Fábio Santos volta de suspensão.

Terminada essa parte da atividade, o grupo foi dividido. Os defensores trabalharam de um lado, comandados pelo auxiliar Sylvinho. Do outro, em prática dirigida pelo auxiliar Sidnei Lobo, havia trocas de passes na entrada da área - com a marcação de zagueiros infláveis - e finalizações.

Futebol pela TV nesta quarta

Gil rejeitou a palavra "depressão", mas admitiu que assistir aos jogos da Copa do Brasil não estava em seus planos para a noite de quarta-feira. O zagueiro foi um dos atletas do Corinthians criticados pela desastrosa eliminação e espera deixar o problema para trás no Campeonato Brasileiro.

A equipe do Parque São Jorge foi derrotada por 4 a 1 para o Atlético-MG, que contou com boa atuação de Diego Tardelli. O atacante voltou às pressas da Seleção Brasileira para atuar. Os corintianos Gil e Elias também, mas eles não se colocaram à disposição para jogar desde o início, o que lhes rendeu cobrança da torcida.

"Isso incomoda qualquer um. Independentemente de ser jogador, a gente é sujeito homem. Tanto eu quanto o Elias trabalhamos forte. Isso já passou. A gente tem a oportunidade de colocar o Corinthians na Libertadores e está empenhado em conquistar essa vaga", afirmou o beque.

A vaga na principal competição sul-americana seria possível com o título da Copa do Brasil. O que restou é brigar por uma das quatro primeiras colocações do Campeonato Brasileiro. A formação alvinegra está hoje em sétimo lugar, com a mesma pontuação do quarto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.