Com gols de Ribéry e Gotze, Bayern venceu por 2 a 0 em casa e abre oito pontos de vantagem para a Roma, vice-líder

Na tarde desta quarta-feira, o Bayern de Munique-ALE manteve seu aproveitamento perfeito no Grupo E da Liga dos Campeões e carimbou seu passaporte para o mata-mata. Atuando na Allianz Arena, os donos da casa receberam a inconstante Roma e triunfaram pelo placar de 2 a 0. Os gols mandantes foram anotados por Ribéry e Gotze.

O francês Ribéry comemora seu gol pelo Bayern de Munique diante da Roma
AP Photo/Kerstin Joensson
O francês Ribéry comemora seu gol pelo Bayern de Munique diante da Roma

Confira a tabela completa da Liga dos Campeões

Com o importante resultado, os comandados de Pep Guardiola chegam aos 12 pontos, distando oito de vantagem para a Roma, vice-líder. Mesmo com o triunfo surpreendente sobre o Manchester City (2 a 1), o CSKA Moscou segue no terceiro posto, com a mesma pontuação da equipe italiana. Porém, inferior nos critérios de desempate.

O próximo desafio dos germânicos ocorre no dia 25 de novembro, terça-feira, às 17h45 (de Brasília), diante dos ingleses, no City of Manchester. Já a equipe comandada por Rudi Garcia enfrentam os russos, no mesmo dia e horário, no Khimki.

Roma se fecha, simula pênalti e sai atrás do marcador

Precavido, o técnico da Roma, Rudi García, deixou Gervinho e Totti no banco, e configurou seus comandados com três volantes: De Rossi, Keita e Nainggolan. Assim, Florenzi e Iturbe se revezavam na tarefa de servir Destro, único centroavante dos visitantes. A tarefa de conter os bávaros, de início, surtiu efeito.

A primeira chance do Bayern de Munique surgiu com 17 jogados. Porém, após boa troca de passes, Bernat, livre na área, viu sua finalização ser interceptada com um carrinho providencial. Três minutos mais tarde, o brasileiro Rafinha recebeu pela ponta direita, ganhou na corrida da marcação e chutou cruzado, à média altura. Skorupski não segurou no primeiro contato, mas nenhum dianteiro bávaro aproveitou. Porém, no ataque seguinte, o arqueiro demonstrou segurança para defender com firmeza um chute do experiente Lahm.

Quando o relógio apontou a marca dos 24, os italianos pediram pênalti: Nainggolan foi lançado com liberdade na área, driblou Neuer e caiu. Entretanto, mesmo longe do lance, Cuneyt Cakir percebeu a simulação e mandou o jogo seguir. Aos 32 minutos, os bávaros responderam na bola parada: em cobrança de falta, Xabi Alonso ameaçou finalizar e viu Alaba concluir rente à trave de Skorupski.

Entretanto, com 37 jogados, o Bayern de Munique inaugurou o marcador na Allianz Arena: Alaba escapou com liberdade e velocidade pela ponta esquerda e cruzou na medida, rasteiro, para trás. Atento, Ribéry finalizou no canto de Skorupski, que nada pôde fazer. A bola carimbou a trave antes de balançar a rede.

Gotze marca e sacramenta triunfo do Bayern em Munique

Mesmo em vantagem, o Bayern de Munique seguiu pressionando a Roma, em busca de tranquilidade no marcador. Logo aos seis minutos, Rafinha avançou com liberdade pela ponta direita e cruzou na medida. Alaba se antecipou à marcação e testou colocado, encobrindo Skorupski, mas mandou a bola rente ao travessão. Com 15 jogados, após escanteio, o goleiro visitante saiu mal e viu o defensor Benatia cabecear rente à trave.

Quando o relógio apontou a marca dos 18, enfim, os bávaros conseguiram o segundo gol. Lewandowski recebeu belo passe do polivalente Boateng e cruzou na medida para Gotze. Com um toque de qualidade, o meia tirou Skorupski da jogada e balançou a rede italiana.

A oportunidade para o terceiro tento veio aos 30 minutos, mas Alaba, em cobrança de falta, mandou a bola rente à trave mandante. A melhor chance da Roma veio aos 39, mas Neuer praticou defesa elástica, em chute colocado de Nainggolan, para evitar a mínima comemoração dos adversários.

Doumbia marca dois e CSKA surpreende - Mesmo atuando na Inglaterra, o CSKA Moscou-RUS não se intimidou e triunfou sobre o Manchester City, pelo placar de 2 a 1. Os tentos visitantes foram anotados pelo atacante marfinense Doumbia, ainda no primeiro tempo. Autor do gol mandante, o volante Yaya Touré acabou expulso, junto com o volante brasileiro Fernandinho.

    Leia tudo sobre: Bayern de Munique
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.