Tamanho do texto

A principal dúvida para enfrentar o Cruzeiro é o aproveitamento de David Braz, com dores nas costas. Nesta terça, Bruno Uvini atuou na zaga ao lado de Edu Dracena

O CT Rei Pelé teve uma tarde agitada nesta terça-feira. Na véspera da semifinal da Copa do Brasil contra o Cruzeiro, a imprensa compareceu em peso no último treino do Santos antes do principal jogo no ano, pelo menos até este momento.

Leia mais: Aranha vê semi da Copa do Brasil aberta: "Futebol não é ciência exata"

Após perder por 1 a 0 no Mineirão, o alvinegro praiano precisa reverter a vantagem mineira para garantir uma vaga na final da Copa do Brasil. Uma vitória santista pelo mesmo placar leva a decisão para os pênaltis. E em caso de gol do time da Raposa na Vila Belmiro, o Santos terá de abrir dois gols de vantagem no placar.

A principal dúvida é o aproveitamento de David Braz, com dores nas costas. Nesta terça, Bruno Uvini atuou ao lado de Edu Dracena, assim como na última rodada do Campeonato Brasileiro, na derrota para o Internacional, na Vila, enquanto o titular fez apenas trabalhos no Cepraf e na academia.

Alison, sacado no intervalo do jogo contra os gaúchos para a entrada de Renato, também deve seguir como titular, assim como Rildo, que sofre concorrência de Jorge Eduardo e Leandro Damião. O camisa 9, mesmo em má fase, pode ser a carta na manga de Enderson Moreira para a semifinal, já que Robinho e Gabriel são praticamente intocáveis no time. Durante o trabalho táctico, Caju também foi testado na vaga do lateral esquerdo Mena.

Mesmo com todas as indicações referentes ao time, o técnico do alvinegro praiano pode aparecer com alguma surpresa, já que após 1 hora de treino o treinador pediu para todos os jornalistas, cinegrafistas e fotógrafos se acumularem dentro da sala de imprensa do CT Rei Pelé para realizar uma última parte do treino de forma fechada.

Além de um coletivo, finalizações e bolas paradas foram intensificadas na atividade.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.