Tamanho do texto

Presidente se reuniu comd epartamento jurídico para definir quais medidas tomar, agora que os atletas estão fora do clube

A diretoria do Atlético-MG já sabe o que fazer juridicamente com os atacantes André e Jô e com o lateral Emerson Conceição, dispensados do clube por atos de indisciplina. O presidente Alexandre Kalil se reuniu os dirigentes do clube e tomou a decisão, que só será revelada para a torcida nesta quinta-feira, após a decisão da vaga na final da Copa do Brasil, contra o Flamengo.

Leia mais: Atlético-MG anuncia dispensas de Jô, André e lateral Emerson Conceição

"Em reunião realizada nesta terça-feira, entre o presidente Alexandre Kalil e o departamento jurídico, dirigido pelo Dr. Lásaro Cândido da Cunha, a situação dos três atletas ficou definida. Em razão do importante jogo de amanhã (quarta-feira, contra o Flamengo), a decisão será comunicada na quinta-feira", informou a assessoria do Atlético-MG, através de um comunicado distribuído à imprensa.

Veja também: Atlético-MG se apega ao passado por novo milagre: "Vai dar tudo certo"

Alheios aos problemas extracampo, os jogadores que permanecem no elenco pensam apenas no confronto contra o Flamengo, que pode colocar o Atlético-MG na final da Copa do Brasil. O goleiro Victor destaca a importância da torcida no confronto decisivo e confia em reverter a vantagem dos cariocas.

"A força que vem da arquibancada é preponderante para a gente. Tenho certeza que, mais uma vez, o torcedor vai lotar o Mineirão e fazer a sua parte. Convoco nosso torcedor para que possa realmente comparecer, fazer um caldeirão, encher o estádio e nos empurrar para cima do Flamengo para que a gente possa reverter essa situação", encerrou o arqueiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.