Enderson Moreira não gostou de ser questionado sobre a desvantagem da equipe na semifinal da Copa do Brasil

Enderson Moreira, técnico do Santos
Alexandre Schneider/Getty Images
Enderson Moreira, técnico do Santos

A simples menção de que o Santos pode ser eliminado na próxima quarta-feira já é capaz de irritar Enderson Moreira. Neste domingo, ao ser questionado sobre o futuro da equipe na temporada em caso de queda para o Cruzeiro nas semifinais da Copa do Brasil, o treinador não escondeu o seu descontentamento, desviou o foco da resposta e discutiu com o repórter responsável pela pergunta.

Na entrevista coletiva após a derrota para o Internacional , o comandante santista falava sobre a compreensão demonstrada pela torcida até o momento, mesmo com mais um resultado negativo na Vila Belmiro. Desta forma, Enderson Moreira foi questionado se haveria a mesma paciência nas arquibancadas caso o time alvinegro fosse eliminado na quarta.

Veja como está a classificação do Campeonato Brasileiro

"Você está colocando que se não ocorrer a classificação, vai acontecer uma tragédia. Você está incitando a violência?", respondeu o treinador, sem pensar na possibilidade de eliminação. A questão, entanto, abordava o futuro da equipe na temporada, já que a queda para o Cruzeiro deve minar o sonho do torcedor alvinegro de chegar à Libertadores na próxima temporada.

Logo na sequência, após um claro desconforto na sala de imprensa da Vila Belmiro, o treinador voltou a mostrar irritação com mais questão. Após o apito final e a confirmação da derrota, o time se reuniu no centro do gramado, com o próprio treinador, e teve uma última conversa antes de entrar para o vestiário, recebendo o reconhecimento da torcida pela entrega.

Enderson, então, foi questionado se a atitude havia sido combinada antes do jogo. "Ensaiar? A gente não ensaia comemoração, não ensaia reunir todo mundo no final, é uma questão de todo grupo. Estamos focados, o time jogou com inspiração, transpiração, não podemos falar absolutamente nada, são resultado que acontecem", rechaçou o treinador.

Escalação

No meio do confronto semifinal da Copa do Brasil, Enderson Moreira deu indícios de que poderia atuar com um time misto neste domingo, contra o Internacional, na Vila Belmiro. O treinador, no entanto, surpreendeu a todos no anúncio da escalação. Sem se preocupar com o jogo na quarta-feira, colocou em campo todos os titulares à disposição.

"A gente não pode abandonar o Campeonato Brasileiro. Hoje era um confronto direto, poderíamos diminuir a distancia, então não poderíamos desistir disso. Todos os jogadores mostraram recuperação plena para o jogo de hoje, assim não se justificava a retirada de algum deles por causa do desgaste físico" justificou o treinador do Santos, que agora está a oito pontos do G4.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.