Cariocas apostam na boa fase para confirmar permanência na elite, já os catarinenses jogam pela sobrevivência na Série A

Mesmo nas semifinais da Copa do Brasil e com boa vantagem após confronto de ida, o Flamengo vai a campo neste domingo, às 19h30 (de Brasília), para encarar a Chapecoense , no Maracanã, com todos os titulares. Os rubro-negros buscam afastar de vez o risco de rebaixamento, enquanto os catarinenses querem sair de perto da degola.

O técnico Vanderlei Luxemburgo quer aproveitar o confronto em casa para conquistar mais três pontos e ficar próximo de garantir a permanência na Série A. Com 40, os rubro-negros miram mais seis, número mínimo considerado pelo matemáticos. Por conta disso, os jogadores sabem que o momento é de superação para esquecer o cansaço e conseguir os objetivos propostos pelo treinador.

Veja como está a classificação do Campeonato Brasileiro

O volante Cáceres destacou que o bom momento na Copa do Brasil pode ser usado pelo Flamengo para conseguir a pontuação necessária para permanecer na Série A e mirar somente no mata-mata no fim da temporada.

"Sabemos que estamos em uma posição intermediária no Campeonato Brasileiro e precisamos sair dessa confusão. O jogo contra a Chapecoense será fundamental para chegarmos próximo disso. Não tem cansaço neste momento e vamos com tudo em busca de mais uma vitória diante do nosso torcedor", disse.

Para esta partida, Luxemburgo poderá contar com o retorno do zagueiro Wallace, que se recuperou de lesão. No entanto, o treinador não terá o meia Everton, que sentiu um problema na coxa e foi vetado para fazer tratamento visando o duelo de volta com o Atlético-MG, pela Copa do Brasil. Para o seu lugar, o atacante Nixon é o favorito para formar dupla de ataque com Eduardo da Silva e tornar a equipe carioca mais ofensiva.

Pelo lado da Chapecoense, o clima é de tensão. A equipe catarinense está na 15ª posição, com 36 pontos, pouco acima da zona de rebaixamento. Por conta disso, o técnico Jorginho deve optar por uma escalação mais conservadora, sem armadores. Assim, Tiago Luís e Fabiano devem formar o ataque com Leandro, com três volantes ocupando o meio.

Jorginho destacou que a Chapecoense precisa marcar para não sofrer gols. Somente depois disso, a equipe poderá atacar com mais qualidade para surpreender o Flamengo no Maracanã.

"Não adianta só criarmos, precisa marcar. E pra corrigir isso nada melhor do que repetição", avaliou.

Durante a semana, o treinador trabalhou o posicionamento da equipe e reforçou seu pensamento com conversas individuais com alguns jogadores. Um deles foi Tiago Luís, destaque da Chapecoense, principalmente após a chegada de Jorginho.

"O Jorginho fala bastante sobre posicionamento. Ele, desde que chegou, tem confiado no meu trabalho. Então, vamos fazer por onde retribuir essa confiança", comentou.

FICHA TÉCNICA:
FLAMENGO X CHAPECOENSE

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 2 de novembro de 2014, domingo
Hora: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Jesmar Benedito de Paula (GO)

FLAMENGO: Paulo Victor; Léo Moura, Chicão, Wallace (Samir) e João Paulo; Cáceres, Márcio Araújo, Canteros e Gabriel; Eduardo da Silva e Nixon
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

CHAPECOENSE: Danilo, Fabiano, Rafael Lima, Grolli e Rodrigo Biro; Bruno Silva, Ricardo Conceição e Diones; Tiago Luis, Fabinho Alves e Leandro
Técnico: Jorginho

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.