Clube perdeu direito de mandar jogo contra o Vitória em Itaquera e vendeu mando por R$ 1 milhão. Recebeu R$ 250 mil, e empresa diz que fez acordo para pagar o restante

O Corinthians recebeu apenas 25% do valor acordado com a empresa Feito Eventos pela realização da partida contra o Vitória, dia 22 de outubro, na Arena Pantanal, em Cuiabá. Foi acertado o pagamento de R$ 1 milhão ao Corinthians pela realização do jogo em Mato Grosso, mas, segundo o clube paulista, só R$ 250 mil foram pagos. A empresa, por sua vez, afirma que chegou a um acordo com o clube e pagará em breve o valor complementar.

Corinthians pegou o Vitória na Arena Pantanal, em Cuiabá. E não recebeu o prometido
Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Corinthians pegou o Vitória na Arena Pantanal, em Cuiabá. E não recebeu o prometido

Confira a tabela completa do Campeonato Brasileiro

O Corinthians havia perdido o mando de um jogo em Itaquera por conta da briga de seus torcedores no clássico entre Corinthians e São Paulo, no dia 21 de setembro. E aceitou a oferta da Feito Eventos para jogar em Cuiabá. Foi a mesma empresa que em agosto levou a partida entre Bragantino e Corinthians, pela Copa do Brasil, para a Arena Pantanal.

Estádio compromete investimento no futebol do Corinthians em 2015, diz Gobbi

A Feito Eventos tem como proprietário Fabiano Rodrigues. Ele era dono da Xaxá Eventos, que responde a processo no Ceará pelo não pagamento de algumas taxas pela realização do jogo entre Portuguesa e Flamengo, pelo Brasileirão de 2013, no Castelão, em Fortaleza. A Justiça determinou que a Xaxá pague R$ 157 mil aos administradores do estádio. A renda da partida foi de R$ 810 mil. Fabiano diz que um sócio da Xaxá é o responsável pelo "calote".

Sobre a dívida com o Corinthians, o empresário diz que tudo já está acertado. "Só não posso entrar em detalhes. Estamos tranquilos em relação a isso. Fizemos reunião em Cuiabá com o Edu Gaspar e o Alessandro (gerentes do Corinthians) e eles ficaram super felizes com o resultado", disse Rodrigues. "Essa informação (sobre o não-pagamento) é mentira", assegurou.

O Corinthians rebate o empresário. Todas as receitas das partidas como mandante do clube, em Itaquera ou fora do estádio, vão para um fundo. E o clube confirma que só recebeu só um quarto do valor acordado. “O Fundo ainda não recebeu o restante e, por enquanto, está tomando medidas extrajudiciais para que a dívida seja quitada”, disse o Corinthians por meio da sua assessoria de imprensa.

O jogo entre Corinthians e Vitória, inicialmente marcado para as 20h30, foi antecipado para as 18h30, e o empresário diz que a mudança de horário levou ao atraso no pagamento dos R$ 750 mil restantes: "Um transtorno que causou um prejuízo muito grande", segundo ele. A partida teve apenas 6.116 pagantes e renda bruta de R$ 478,5 mil. A renda líquida foi de R$ 371,3 mil. A Feito Eventos já contratou outros jogos para Cuiabá, entre eles Goiás e Flamengo, na 20ª rodada. Na ocasião, a renda líquida foi milionária: R$ 1,041 milhão. A mesma empresa deve levar o clássico entre Santos e São Paulo para Cuiabá.

Para não deixar alguns estádios da Copa inativos, como é o caso da Arena Pantanal e da Arena da Amazônia, a CBF não tem feito nenhuma objeção à mudança de mandos de campo e incentiva a escolha desses estádios. O Botafogo já mandou dois jogos, contra Corinthians e Flamengo, no "elefante branco" de Manaus.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.