Atacante passou por exames, que constataram fratura na costela. Técnico cobra time envolvente contra o Botafogo

Willian comemora seu gol na vitória do Cruzeiro sobre o Santos nas semifinais da Copa do Brasil
Gazeta Press
Willian comemora seu gol na vitória do Cruzeiro sobre o Santos nas semifinais da Copa do Brasil

Após ter sofrido uma pancada nas costas em uma disputa de bola com Rildo, na vitória do Cruzeiro diante do Santos, por 1 a 0 , o atacante Willian, que saiu no decorrer da partida devido a dores no local, foi reavaliado nesta quinta-feira, em Belo Horizonte. Ele passou por um exame de raio-x e foi constatada uma fratura na costela do atleta, que ficará fora de atividade por tempo indeterminado.

Enquanto o atacante se recupera, o Cruzeiro já faz uma espécie de contagem regressiva para comemorar o título do Campeonato Brasileiro pelo segundo ano seguido. Por isso, o foco do clube é nos próximos jogos dentro do Mineirão. A Raposa enfrenta o Botafogo, no domingo, e na sequência pega o Criciúma, também no Gigante da Pampulha.

Veja como está a classificação do Campeonato Brasileiro

Na avaliação do técnico Marcelo Oliveira, os celestes precisam ter concentração máxima diante dos cariocas, que não vivem um bom momento, mas que podem surpreender os mineiros. Segundo o comandante cruzeirense, o apoio da torcida será essencial para empurrar o time para cima dos botafoguenses.

"Temos de investir neste jogo contra o Botafogo como uma final. Esperamos que domingo tenha ainda mais torcedores do que no jogo contra o Santos. É um momento crucial do campeonato. Temos que ter concentração e atenção, ser envolventes. Vamos descansar bem e nos preparar. São dois jogos em casa que podem fazer a diferença no campeonato", disse.

De folga nesta quinta-feira, o Cruzeiro inicia a preparação para pegar o Botafogo nesta sexta, e a presença do lateral paraguaio Samudio será uma novidade nos treinos. O atleta está curado de um estiramento no joelho esquerdo, que tirou o jogador de combate por várias rodadas seguidas.

* Com Gazeta.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.