Fernando Horta é presidente da escola de samba Unidos da Tijuca e admite possibilidade de ser o primeiro vice-presidente da chapa "Volta Vasco! Volta Eurico!"

As eleições presidenciais do Vasco , marcadas para 11 de novembro, ganharam mais um capítulo importante neste fim de semana. O empresário Fernando Horta, presidente da escola de samba Unidos da Tijuca, que já tinha manifestado apoio a Eurico Miranda, admite possibilidade de ser o primeiro vice-presidente da chapa "Volta Vasco! Volta Eurico!". A união torna praticamente definido o pleito, que estava marcado para agosto e acabou adiado por supostas irregularidades na lista de sócios.

Leia mais: Apesar do tropeço, postura do Vasco agrada Joel: "Estamos no caminho"

Fernando Horta há alguns meses vinha se mantendo neutro na disputa. Chegou a esboçar conversas com o candidato Júlio Brant, da "Sempre Vasco", que conta com o apoio de ex-jogadores como Edmundo, mas acabou optando por se aliar a Eurico Miranda. Por ironia do destino, Horta era tratado como único nome capaz de impedir o retorno de Eurico ao poder, porém, acabou optando não só por não se lançar candidato como por apoiar o contestado cartola.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias da Série B do Brasileiro

"Não poderia me dedicar vinte e quatro horas ao Vasco e isso torna impossível ser presidente do clube neste momento, pois viajo constantemente para resolver problemas ligados aos meus negócios", informou Horta, que também é dono de vinícolas em Portugal.

Veja também: Clubes reduzem gastos, mas pagam em média R$ 325 mil a técnicos

A decisão de apoiar Eurico Miranda foi vista com estranheza por alguns dos demais candidatos do pleito, porém, ele explicou que está optando pela possibilidade de unir o clube. "Meu objetivo é unir a colônia vascaína de novo em torno do clube, pois precisamos tirar o Vasco da situação em que se encontra e recolocá-lo no caminho dos títulos importantes e das vitórias", disse Horta em entrevista à Rádio Globo do Rio de Janeiro no fim de semana.

Além de Eurico e de Júlio Brant, serão candidatos a presidência do Vasco Roberto Monteiro, da "Identidade Vasco", Nelson Rocha, da "Vira Vasco", Tadeu Correia, da "Vasco Passado a Limpo", Eduardo Nery, da "Vasco mais que um Gigante" e Márcio Santos, da "Vanguarda Vascaína". Desses, apenas Eurico Miranda já foi presidente do clube, na década passada.

A eleição de 11 de novembro vai apontar o presidente do Vasco para o triênio 2015, 2016 e 2017. O recadastramento dos sócios foi prorrogado até a próxima quinta-feira, dia 30 de outubro, como forma de compensação pelo não atendimento nos dias 22/09, 02/10, 04/10 e 25/10, quando um problema de falha na conexão de internet na região, além da utilização do Ginásio como Zona Eleitoral das eleições nacionais no 1º e 2º turno, respectivamente, impediram que o processo continuasse em perfeito andamento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.