Tamanho do texto

Técnico do Corinthians lembra de vexame na Copa do Brasil e diz que após derrotas azedas "o limão pode virar limonada"

Mano Menezes quer que seus concorrentes ao G-4 do Campeonato Brasileiro sintam o mesmo gosto ácido que ficou na boca do corintiano depois do vexame na Copa do Brasil, com o histórico revés para o Atlético-MG. Após o empate de sábado com o Palmeiras , o treinador do Corinthians prometeu transformar a queda no torneio mata-mata algo favorável à sua equipe na competição de pontos corridos.

Veja a classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

"A gente tem a possibilidade de fazer do limão uma limonada. Essa eliminação da Copa do Brasil nos custou caro. Temos que fazê-la custar caro para os adversários a partir de agora", disse, confiante no crescimento do time com agenda mais livre de compromissos. Se tivesse avançado à semifinal, jogaria neste meio de semana, por exemplo. Como caiu, só vai a campo no sábado, diante do Coritiba, pelo Brasileiro.

Mano Menezes comemora gol de Danilo no clássico entre Corinthians e Palmeiras
Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Mano Menezes comemora gol de Danilo no clássico entre Corinthians e Palmeiras

"Tecnicamente, a equipe vai evoluir. Isso pode nos dar no mínimo uma das vagas para a Libertadores, que é um dos objetivos traçados desde o inicio do campeonato", comentou.O empate conquistado diante do Palmeiras, com gol aos 45 minutos do segundo tempo, ainda mantinha o Corinthians no G-4 enquanto Mano concedia entrevista. Até por isso, ao ser questionado se, na realidade, o resultado poderia não ter sido tão bom, o comandante corintiano citou o líder da competição como referência.

"Não dá para comparar resultado. Você acha que é mais significativo empatar com Palmeiras no Pacaembu ou com o Figueirense em Florianópolis? O Cruzeiro empatou com o Figueirense em Florianópolis", respondeu, ao lembrar que o Grêmio, um dos times que brigam por vaga na Libertadores, perdeu de virada para o Palmeiras no Pacaembu. "Minha equipe e eu saímos do jogo com a consciência de que fizemos o melhor".

Ao final dos resultados deste sábado, sua equipe caiu da terceira para a quinta colocação, com os mesmos 53 pontos de Internacional e São Paulo - o rival paulista ainda vai a campo na segunda-feira, contra o Goiás, no Morumbi.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.