Tamanho do texto

Time mineiro se mantém na liderança por mais uma rodada, mas pode ver vantagem cair para cinco pontos na segunda

O Cruzeiro não conseguiu atuar bem contra o Figueirense , e mesmo sem apresentar o futebol de jornadas anteriores vencia o duelo até os acréscimos do segundo tempo, quando sofreu o gol de empate. A perda de dois pontos foi minimizada pelo goleiro Fábio, que afirma que jogar em Florianópolis é sempre complicado para qualquer equipe.

Veja a classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

Segundo ele, o fato de ter tomado o gol de empate no finalzinho é justificado pela pressão natural que a equipe da casa exerceu em busca da igualdade. Mesmo sem vencer, o Cruzeiro mantém a folga na ponta da tabela, e vai aguardar o fim da rodada, que tem o São Paulo jogando nesta segunda-feira, para saber qual será a diferença de pontos em relação ao segundo colocado.

"Isso pode acontecer no jogo. O Figueirense veio com tudo para cima. Se a gente tivesse mais tranquilidade, poderíamos ter feito mais um gol. Temos de esperar o fim da rodada para ver o que vai acontecer. Mas temos de vencer os nossos confrontos. É sempre difícil jogar em Florianópolis. Temos que sair de cabeça erguida. Mas vai dar tudo certo", declarou.

Faltando sete rodadas para o fim do Campeonato, o Cruzeiro já faz uma espécie de contagem regressiva para comemorar o bicampeonato nacional. Os celestes enfrentam na próxima rodada, os cariocas do Botafogo, domingo, no Mineirão. O Cruzeiro, porém, tenta esquecer o Brasileirão para focar na Copa do Brasil, já que na quarta-feira, a equipe duela contra o Santos, pelas semifinais da competição.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.