Depois de sair da zona de rebaixamento, paranaenses tentam se afastar ainda mais das últimas posições, enquanto gaúchos buscam se manter na luta pelo G4

Duas equipes duelam com objetivos bem diferentes no Campeonato Brasileiro , mas têm em comum a luta por três pontos em momento-chave na reta final da competição. Esse é o principal ingrediente do confronto entre Coritiba e Grêmio , que será realizado no Estádio Couto Pereira às 18h30 (de Brasília) deste sábado. Enquanto os gaúchos ainda lutam para voltar ao G4, a briga do Alviverde é para não retornar à zona de rebaixamento.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia do Campeonato Brasileiro

A vitória sobre o Botafogo, adversário direto na parte de baixo da tabela, deu nova motivação ao Coxa, que já entrava em desespero com a falta de resultados positivos. Além de iniciar uma reviravolta com o triunfo diante dos cariocas, contou ainda com rodada favorável, saindo da última colocação para fora do Z-4. O desafio agora e se manter acima dele.

No primeiro turno, o Coritiba surpreendeu e venceu o Grêmio fora de casa
Itamar Aguiar/RAW IMAGE
No primeiro turno, o Coritiba surpreendeu e venceu o Grêmio fora de casa

O técnico Marquinhos Santos ainda não conta com o volante Hélder, que segue vetado pelo departamento médico, e Welinton, que sentiu lesão pouco antes da última partida e segue fora. Gil, que vinha como opção no banco, está suspenso. Com isso, a escalação que entrou em campo no meio de semana deve ser repetida, com a manutenção do esquema tático em 4-4-2.

Mesmo sem ter contado com muito tempo para trabalhar, o treinador coxa-branca cobra equilíbrio neste curto espaço de tempo, esperando ainda atuação inteligente de seus comandados. "São horas preciosas. Será uma partida onde precisaremos de muita sabedoria para encarar o Grêmio", avaliou.

Depois de dois maus resultados fora de casa, que o retiraram do G-4, o Grêmio voltou a vencer na última quarta-feira. A vitória por 1 a 0 sobre o Figueirense, na Arena, não teve o futebol dos sonhos para o técnico Luiz Felipe Scolari, mas serviu para que o Tricolor Gaúcho voltasse a encostar na briga. A distância para o Atlético-MG, atual quarto colocado, é de apenas um ponto. O Grêmio figura em sexto com 50, mesma pontuação do Internacional, que tem uma vitória a mais e por isso está à frente.

"Se além dos três pontos conseguirmos jogar bonito, com qualidade, vou ficar ainda mais feliz. Mas fico contente com os três pontos. A superação foi grande, mas se quisermos algo mais no campeonato precisamos jogar mais do que hoje. Quanto a jogar bonito ou feio, é um assunto que não me preocupa. Fui contratado para organizar um time e chegar entre os quatro primeiros. Estamos sempre no bolo, beliscando, entre os times que disputam as vagas para a Libertadores", analisa o comandante tricolor.

Para o jogo deste sábado, a equipe ainda não terá a presença do zagueiro Rhodolfo, que sofreu torção no joelho e já vem desfalcando a equipe há três rodadas. Já o atacante Luan, suspenso, também não joga. Assim, Bressan continua compondo a defesa, enquanto Fernandinho, Alán Ruiz e até o garoto Erik disputam posição no setor ofensivo.

Por falar em suspensão, uma das principais preocupações do Grêmio é o alto número de jogadores pendurados. Alán Ruiz, Barcos, Fellipe Bastos, Marcelo Grohe e Pará, dentre os que podem jogar neste sábado, ficarão suspensos se levarem um terceiro amarelo. A preocupação cresce por conta do Gre-Nal, que ocorrerá daqui a duas rodadas, embora o Grêmio descarte a hipótese de "limpar a ficha" antes do clássico.

FICHA TÉCNICA -  CORITIBA X GRÊMIO

Local : Estádio Major Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 25 de outubro de 2014, sábado
Horário : 18h30 (de Brasília)
Árbitro : Dewson Fernando Freitas da Silva (Asp.Fifa-PA)
Assistentes : Cleriston Clay Barreto Rios - SE (Fifa-SE) e Marcio Gleidson Correia Dias (Asp. Fifa-PA)

CORITIBA : Norberto, Leandro Almeida, Luccas Claro e Carlinhos; Sérgio Manoel, Rosinei, Robinho e Alex; Joel e Zé Love.
Técnico : Marquinhos Santos

GRÊMIO : Marcelo Grohe; Pará, Geromel, Rhodolfo e Zé Roberto; Ramiro, Matheus Biteco e Riveros e Erik (Alán Ruiz); Barcos e Dudu
Técnico : Luiz Felipe Scolari

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.