Tamanho do texto

Com classificação tranquila no Monumental de Nuñez, time de Buenos Aires fará clássico argentino contra o Estudiantes na próxima fase da Copa Sul-Americana

O River Plate já tinha grande vantagem no confronto, havia vencido o primeiro jogo por 3 a 1 no Paraguai, e assim não teve trabalho para confirmar sua vaga nas quartas de final da Copa Sul-Americana . Diante de seu torcedor no Monumental de Nuñez, o tradicional time argentino conquistou mais uma vitória, desta vez por 2 a 0, e selou sua classificação na competição continental.

Confira a tabela de jogos, artilharia e notícias da Copa Sul-Americana

Com a classificação do River Plate, uma da quartas de final da Copa Sul-Americana será argentina. Ainda nesta quarta-feira, o Estudiantes visitou o Peñarol e garantiu a classificação nos pênaltis. As datas do confronto, porém, ainda não foram definidas pela Conmebol.

Se a vida do River já era bastante tranquila por causa do resultado conquistado no primeiro jogo, o Libertad perdeu a cabeça ainda na metade do primeiro tempo e deixou a vida dos argentinos ainda mais fácil. Aos 22, Bareiro acertou uma cotovelada em Rojas, deixou o adversário sangrando, e o árbitro não teve dúvidas para aplicar o cartão vermelho.

Com dois gols de vantagem, o River deixou sua situação ainda mais confortável no final da etapa inicial. Aos 42, após uma boa tabela do ataque argentino, Sanchez acertou a trave de Muñoz e Mercado apareceu do lado direito para completar ao fundo das redes, colocando praticamente os dois pés na próxima fase.

Sem maiores sustos no segundo tempo, o time argentino foi administrando o resultado, e ainda assim conseguiu ampliar a vantagem aos 45 minutos. Simeone aproveitou o cruzamento de Funes Mori e completou para o fundo das redes, confirmando a superioridade do River no confronto e a boa fase vivida pelos argentinos nesta temporada.

FICHA TÉCNICA -  RIVER PLATE-ARG 2 X 0 LIBERTAD-PAR

Local: Monumental de Nuñez, em Buenos Aires, Argentina
Data: 22 de outubro de 2014, quarta-feira
Horário: 22h30 (de Brasília)
Árbitro: José Hernando Buitrago (Colômbia)
Cartões Amarelos: Ponzio (River Plate) e Vargas (Libertad)
Cartão Vermelho: Bareiro (Libertad)
Gols: RIVER PLATE: Mercado, aos 43 minutos do primeiro tempo, e Simeone, aos 45 minutos do segundo tempo

RIVER PLATE: Barovero, Mercado, Pezzella, Funes Mori e Vangioni; Sanchez (Solario), Ponzio, Rojas (Martinez) e Driussi; Teo Gutierrez (Simeone) e Lucas Boye
Técnico: Marcelo Gallardo

LIBERTAD: Muñoz, Moreira, Balbuena, Roman e Benegas; Bareiro, Vargas (Ramírez), Aquino e Gonzalez, Camacho (Recalde) e Hernan Lopez (Dionicio)
Técnico: Pedro Sarabia

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.