Tamanho do texto

O comandante assumiu o clube em outubro do ano passado, quando, por pouco, não conseguiu o acesso à primeira divisão

Logo após a derrota por 2 a 1 para o Icasa em Juazeiro do Norte-CE , na noite de terça-feira, o técnico Sérgio Soares decidiu pedir demissão do Ceará, segundo nota oficial no site do clube. O pedido foi aceito pela diretoria do Vovô, que agora procura por um novo treinador para a sequência da Série B do Brasileirão.

Seu auxiliar, Denys Facincani, também deixa o clube, que agradeceu os serviços prestados pela antiga comissão técnica. "A diretoria do alvinegro agradece a Sérgio e seu auxiliar, Denys, pelo profissionalismo ao defender o Ceará em uma temporada tão importante para o clube, que celebra seu centenário em 2014", diz a nota.

O pedido de demissão, no entanto, foi colocado em dúvida por uma entrevista após o jogo dada pelo técnico ainda no campo. "Perder não é bom, ninguém gosta, mas a situação ainda é favorável para nós e, portanto, sigo no clube", disse Soares.

O comandante assumiu o clube em outubro do ano passado, quando por pouco não conseguiu o acesso à primeira divisão. Em 2014, o técnico levou o Ceará ao vice-campeonato da Copa do Nordeste e ao título do Campeonato Cearense. Na Copa do Brasil, conseguiu alcançar as oitavas de final, quando o time acabou eliminado pelo Botafogo.

Pressionado pelo acesso, o Vovô ocupa atualmente a quinta colocação no Campeonato Brasileiro Série B, com 50 pontos, dois atrás do Avaí, último do G-4. Foi o segundo revés consecutivo da equipe, que havia perdido para o Joinville fora de casa por 3 a 0 na rodada anterior.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.