Tamanho do texto

Atacante volta a campo com o Botafogo nesta quarta-feira, contra o Coritiba, que é o lanterna do Campeonato Brasileiro

Em meio à crise, o torcedor do Botafogo ganhou uma boa notícia no domingo, com o retorno do atacante Jobson aos gramados. O jogador afirmou que se sentiu muito bem em campo, mesmo sem atuar a muito tempo. O atacante lamentou não ter marcado contra o Sport, mas sonha em fazer um gol no clássico contra o Flamengo, em Manaus.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

"Estou treinando para voltar ao melhor ritmo. Não estou ansioso para marcar gol, isso vem naturalmente. Mas quem sabe o gol não sai contra o Flamengo...", disse.

Leia mais: Por administrar crise, Mancini se fortalece com os dirigentes do Botafogo

Jobson também comentou sobre o problema que aconteceu quando estava no futebol árabe. O atacante se recusou a fazer um exame antidoping e acabou suspenso pela Federação local por oito anos. "Não gosto nem de comentar muito sobre isso, mas estou com a consciência tranquila. Me recusei a fazer o exame, pois estava em casa. Não foi depois de jogo. Por isso, não fiz. Depois, retiveram meu passaporte por mais de um mês até poder voltar para o Brasil", declarou.

Jobson volta a campo com o Botafogo nesta quarta-feira, contra o Coritiba, que é o lanterna do Campeonato Brasileiro, no Couto Pereira. Um bom resultado pode tirar os alvinegros da zona de rebaixamento da competição.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.