Tamanho do texto

Atacante sofreu fratura no crânio e depois de instalar 20 parafusos na testa, além de uma placa. Ele para por 40 dias

Passado o susto após fratura na cabeça, Alecsandro começa nesta terça-feira o longo tratamento que ainda deve tirá-lo de campo por cerca de 40 dias. O centroavante do Flamengo deve fazer exercícios físicos na sala na academia e talvez uma corrida leve no gramado, mas nada que deixe exposto o local da lesão.

Veja a classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

A contusão é resultado de um choque de cabeças com um adversário no duelo contra o América-RN, disputado na última quarta-feira. O artilheiro do Flamengo na temporada precisou passar por cirurgia e colocar uma placa e vinte parafusos na região da testa.

Alecsandro é atentido pelos médicos após se chocar com Cleber, do América-RN
Pedro Martins/Agif/Gazeta Press
Alecsandro é atentido pelos médicos após se chocar com Cleber, do América-RN

Com 21 gols marcados no ano, o centroavante foi um dos grandes destaques da arrancada que tirou o Flamengo da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Já de olho no retorno, ele agradeceu a força recebida da torcida rubro-negra. "A recuperação continua. Já estou em casa e rapidinho estarei de volta aos gramados, vestindo esse manto sagrado. Um abraço e obrigado pelo apoio de todos", escreveu nas redes sociais.

Ainda que a recuperação do atacante corra como o esperado, o Flamengo não deve ter seu principal goleador nos próximos sete ou oito jogos. O período coincide com a reta final do Brasileirão, no qual a equipe não tem grandes objetivos senão manter distância confortável para o Z-4. Mas na Copa do Brasil Alecsandro pode fazer muita falta, já que o Rubro-Negro está nas semifinais, a quatro jogos do bicampeonato.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.