Treinador criticou as falhas na marcação de sua equipe, após ter saído na frente do marcador na Arena da Baixada

O técnico Vanderlei Luxemburgo reconheceu que o Atlético Paranaense mereceu a vitória por 2 a 1 no confronto disputado na tarde deste domingo, na Arena da Baixada. O treinador do Flamengo disse que sua equipe afrouxou a marcação depois de sair na frente do placar e permitiu que o adversário tivesse espaço para a reação.

Confira a classificação atualizada, artilharia e notícias do Brasileirão

O técnico Vanderlei Luxemburgo admitiu a superioridade do Atlético-PR ao longo da partida
Heuler Andrey/Getty Images
O técnico Vanderlei Luxemburgo admitiu a superioridade do Atlético-PR ao longo da partida


"Ainda fiz as três substituições no início do segundo tempo para ver se dava um equilíbrio, mas tecnicamente a equipe não foi bem", afirmou.

O treinador acreditava a que o Flamengo poderia ter pontuado em Curitiba, o que daria maior folga para as próximas partidas. Na entrevista coletiva, Luxemburgo lembrou que a equipe rubro-negra , dificilmente, consegue bons resultados quando joga em Curitiba, mas acha que o grupo merece elogios pela luta constante, apesar das dificuldades impostas pelo Atlético.

Vanderlei ainda reclamou muito da marcação do jogo contra o Botafogo para Manaus, por opção do clube de General Severiano. Ele disse que mudar a tabela no meio da competição só costuma trazer prejuízos. E citou o exemplo do Vasco que tem jogado por locais diversos, no Campeonato Brasileiro da Série B.

Confira as imagens da rodada deste final de semana do Brasileiro


"O Joel Santana está conhecendo o Brasil todo de novo com o Vasco, por causa dessas mudanças em cima de hora. O Flamengo vai perder cinco horas de voo para Manaus, quando a partida deveria acontecer no Maracanã. Se querem fazer mudanças, façam de a competição começar", disse.

O treinador rubro-negro garantiu que a prioridade no clube é sair definitivamente da "zona da confusão", no Campeonato Brasileiro, mas que agora já existe um novo foco que é a luta pelo título da Copa do Brasil.

Luxemburgo lamentou a falta do atacante Alecsandro e revelou que ainda está procurando o substituto ideal, mas surpreendeu ao dizer que o grande desfalque da equipe na partida em Curitiba foi o volante Márcio Araújo.

" Ele é muito importante para o ritmo do time", comentou.

* Com Gazeta Esportiva

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.