Em jogo de seis pontos, equipe paulista chega aos 36 pontos e respira; com a derrota, América-RN segue na zona da degola

Foi com muita eficiência ofensiva que o Bragantino reencontrou o caminho das vitórias neste sábado, no Nabi Abi Chedid. A equipe de Bragança Paulista venceu por 2 a 1 o América-RN , em jogo válido pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B e respirou aliviado na luta contra a degola. A equipe agora ocupa a 14ª colocação na tabela. Os gols foram marcados por Mota e Léo Jaime. Rodrigo Pimpão descontou no finalzinho.

Se um time respira aliviado, o outro está cada vez mais sufocado na parte de baixo da tabela. O revés deixou o Mecão no 17º lugar na tabela e sentenciou a crise no clube, que não vence há três rodadas. O próximo adversário do América-RN é o Vasco, na Arena das Dunas. Mais uma pedreira para uma equipe que precisa urgentemente voltar a vencer.

Confira a classificação, artilharia e mais notícias da Série B do Brasileiro

Enquanto isso, mais "tranquilo", o Bragantino visita o Sampaio Corrêa em São Luís do Maranhão. O clube do nordeste brasileiro aparece em nono lugar na tabela e não dará vida fácil à equipe do interior paulista

Sandro, do Bragantino, comemora gol durante a partida entre Bragantino e América-RN
Fábio Moraes/Futura Press
Sandro, do Bragantino, comemora gol durante a partida entre Bragantino e América-RN

Mão do beque Lázaro dá início à reação do Braga, que termina PT com um a mais

Eram cinco jogos sem vitória, quatro derrotas e um empate. O Bragantino entrou em campo com o peso de vencer ou vencer para manter viva a esperança de escapar do rebaixamento à Série C do Campeonato Brasileiro. Depois do apito inicial, a equipe mostrou que estava disposta a vencer de qualquer maneira, mas se atrapalhou na hora de dar o último passe.

Nada que não fosse resolvido aos 37 minutos. Lázaro tocou com as mãos na bola dentro da grande área. O juiz não hesitou em marcar pênalti a favor do Massa Bruta. Na cobrança, Sandro não desperdiçou e anotou seu quinto gol na Série B do Campeonato Brasileiro. Artilheiro do Bragantino.

Melhor para os torcedores presentes no Nabi Abi Chedid, que ainda presenciaram a expulsão de Walber do lado do Mecão, deixando a equipe da casa com um a mais dentro de campo.

Camisa 9: No lugar certo, na hora certa, Mota sentencia a vitória

O torcedor do Massa Bruta começou o segundo tempo com fé no resultado positivo, já que a equipe tinha, além da vantagem no placar, um a mais em campo. Sem decepcionar o escasso público pagante em Bragança Paulista, o time da casa fez valer a confiança e conseguiu anotar mais um.

Aos 27 minutos, Luisinho, que entrou no decorrer da partida, recebeu na direita, driblou o zagueiro e ficou em ótimas condições para cruzar desde a linha de fundo. Sem hesitar, ele tocou para Mota na grande área. Bem posicionado, o camisa 9 não perdeu a chance e ampliar e mandou para o fundo das redes.

Valorizando muito a posse de bola, o Bragantino conseguiu dominar os minutos finais da partida, sem sequer dar chance de criação ao América-RN. Aos 35, Magno Cruz ainda teve a chance de deixar o placar mais elástico. Porém, bem posicionado, o goleiro Andrey defendeu o chute a queima-roupa.

Com o artilheiro Rodrigo Pimpão o Mecão ainda conseguiu amenizar o resutlado. Aos 38 minutos, depois de cobrança de escanteio, o avançado esperou o corta-luz na grande área e empurrou com os pés a bola para o fundo das redes, ao tocar desde a trave oposta.

FICHA TÉCNICA: BRAGANTINO 2 x 1 AMÉRICA-RN

Local: Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP) 
Data: 18 de outubro de 2014, sábado 
Horário: 16h20 (de Brasília) 
Árbitro: Fabricio Neves Correia, Rio Grande do Sul (RS) 
Assistentes: José Javel Silveira e Eduardo Bernardi, ambos do Rio Grande do Sul (RS) 
Cartões amarelos: Matheus Inácio, Geandro, Tobi e Léo Jaime (Bragantino); Walber e Andrezinho (América-RN) 
Cartões vermelhos: Walber (América-RN) 
Gols: Sandro, aos 37 minutos do PT (Bragantino) e Mota, aos 23 minutos do ST (Bragantino); Rodrigo Pimpão, aos 38 minutos do ST (América-RN)

BRAGANTINO: Matheus Inácio; Samuel Santos, Yago, Tobi e Magal; Geandro, Graxa, Esquerdinha (Marcos Paulo) e Sandro; Léo Jaime (Luisinho) e Mota. 
Técnico: PC Gusmão

AMÉRICA-RN: Andrey; Walber, Cleber, Lázaro e Wanderson; Judson, Jean Cléber (Rivaldo), Neto e Jéferson (Andrezinho); Rodrigo Pimpão e Isac (Paulinho). 
Técnico: Roberto Fernandes

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.