Tamanho do texto

Ainda lutando para escapar da Série B, Figueirense, Palmeiras e Vitória são alguns dos adversários que Cruzeiro, Internacional e São Paulo terão pela frente na reta final do Brasileirão

O que os ameaçados de rebaixamento Figueirense , Palmeiras e Vitória têm a ver com a disputa do título do Campeonato Brasileiro ? Tudo, se analisados os jogos restantes dos principais postulantes à taça. Lutando para escapar da Série B, as três equipes são alguns dos adversários que Cruzeiro , Internacional e São Paulo terão pela frente nas próximas rodadas da competição. E não é exagero dizer que serão os fieis da balança.

A briga contra a degola conta hoje com pelo menos oito equipes: Palmeiras , Chapecoense , Atlético-PR , Figueirense , Vitória , Bahia , Criciúma , Botafogo e Coritiba – as quatro últimas estão na zona da queda atualmente. Cinco pontos é o que separa os palmeirenses, na 12ª colocação, dos lanternas paranaenses.

Resultados que explicam liderança do Cruzeiro:

Dos dez duelos que ainda tem para fazer, o Cruzeiro irá enfrentar seis clubes nesta situação delicada – sendo cinco já na sequência inicial: Vitória, fora de casa; Palmeiras, em casa; Figueirense, fora; e Botafogo e Criciúma, em casa. Chapeconse, fora, completa a lista na penúltima rodada.

O mesmo número de ameaçados pela Série B é o que o São Paulo , atual terceiro colocado, vai jogar contra. São eles: Bahia, em casa; Chapecoense, Criciúma e Vitória, fora; e Palmeiras e Figueirense, em casa.

Já o Internacional terá uma parada dura se quiser quebrar o jejum de títulos brasileiros que dura desde 1979. Apenas três clubes que lutam para não cair estão no calendário colorado: Bahia e Palmeiras, em casa; e Figueirense, fora. Por outro lado, serão quatro confrontos diretos contra adversários que disputam um lugar no G4: Corinthians e Atlético-MG, em casa; e Grêmio e São Paulo, fora.

Se a diferença entre o líder Cruzeiro e o vice Internacional é de seis pontos atualmente, ela tende a disparar se os mineiros mantiverem o bom aproveitamento registrado no turno inicial.

Nas dez rodadas finais da primeira metade do Brasileirão, os celestes venceram sete partidas e empataram três. Foram 24 pontos conquistados. No mesmo períodos, o São Paulo ficou com 20 pontos – seis vitórias, dois empates e duas derrotas –, enquanto os gaúcho conseguiram 18 – seis vitórias e quatro derrotas.

Atlético-MG , Grêmio e Corinthians são outros clubes com tabelas relativamente fáceis na reta final do campeonato. Os mineiros terão pela frente cinco times que brigam contra a Série B, enquanto gaúchos e paulistas, cinco. Mas nenhum dos três conseguiu resultados excelentes no primeiro turno.

 DESEMPENHOS DOS LÍDERES NAS DEZ ÚLTIMAS RODADAS DO 1º TURNO
GP GC S
Cruzeiro 7 3 0 23 8 15 24 80,0%
São Paulo 6 2 2 15 8 7 20 66,7%
Internacional 6 0 4 13 7 6 18 60,0%
Corinthians 4 5 1 13 7 6 17 56,7%
Grêmio 5 1 4 10 9 1 16 53,3%
Atlético-MG 4 4 2 13 10 3 16 53,3%

JOGOS RESTANTES DOS TIMES QUE DISPUTAM O TÍTULO OU G4:

CRUZEIRO
Vitória (fora), Palmeiras (casa), Figueirense (fora), Botafogo (casa), Criciúma (casa), Santos (fora), Grêmio (fora), Goiás (casa), Chapecoense (fora), Fluminense (casa)

INTERNACIONAL
Corinthians (casa), Flamengo (fora), Bahia (casa), Santos (fora), Grêmio (fora), Goiás (casa), São Paulo (fora), Atlético-MG (casa), Palmeiras (casa), Figueirense (fora)

SÃO PAULO
Bahia (casa), Chapecoense (fora), Goiás (casa), Criciúma (fora), Vitória (fora), Palmeiras (casa), Internacional (casa), Santos (fora), Figueirense (casa), Sport (fora)

ATLÉTICO-MG
Chapecoense (casa), Bahia (fora), Sport (casa), Atlético-PR (fora), Palmeiras (fora), Figueirense (casa), Flamengo (casa), Internacional (fora), Coritiba (casa), Botafogo (fora)

GRÊMIO
Goiás (fora), Figueirense (casa), Coritiba (fora), Vitória (casa), Internacional (casa), Criciúma (fora), Cruzeiro (casa), Corinthians (fora), Bahia (fora), Flamengo (casa)

CORINTHIANS
Internacional (fora), Vitória (casa), Palmeiras (fora), Coritiba (casa), Santos (casa), Bahia (fora), Goiás (fora), Grêmio (casa), Fluminense (fora), Criciúma (casa)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.