Preleções do técnico fazem sucesso nas redes sociais, mas Rodrigo Caetano diz que clube não vai tolerar exposição

Depois de novo vazamento de vídeos de preleção no Vasco, o técnico Joel Santana e o diretor executivo de futebol, Rodrigo Caetano, se manifestaram de forma oficial. Antes do treino desta manhã, eles conversaram com o elenco sobre o assunto por cerca de 40 minutos, gesticularam bastante e fizeram cobranças.

Veja a classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Brasileirão Série B

"É completamente proibido nas nossas normas e procedimentos internos, e coibimos isso e outras coisas em redes sociais dos atletas ao que diz respeito ao nosso ambiente de trabalho. Já fizemos as nossas cobranças. Infelizmente, não sabemos o jogador que vazou. Caso venhamos a saber quem foi, o atleta vai ser punido sim. No Vasco tem comando, temos regras estabelecidas e todos os atletas sabem quais são. Não posso punir todos, como não sabemos quem foi. Mas qualquer tipo de atitude ficará no ambiente interno", afirmou Rodrigo Caetano em entrevista coletiva.

Já o treinador estava menos irritado que o dirigente e até conseguiu ironizar a situação. "Não estou aborrecido, agora vocês sabem o que é uma preleção. Se perguntar ao jogador de futebol qual é a parte chata do futebol, ele te respondera: é uma preleção chata. É ali que você traça os planos de jogo, se organiza. Não falei mal de ninguém, falei os pontos básicos e dei exemplos. Mas mundo da informática é assim, vaza tudo, tem que ter cuidado até dentro de casa".

No primeiro vazamento, que aconteceu há dois dias, Joel Santana falou sobre o esquema 4-1-4-1, que seria usado pelo adversário Boa Esporte. Na ocasião, Rodrigo Caetano disse que medidas internas haviam sido tomadas para evitar tal situação. Nas últimas imagens, o técnico cita lutadores do UFC e até rebola para exemplificar marcações. O autor da filmagem não foi identificado, mas o fato ocorreu no hotel em que o Vasco se concentra, no Rio de Janeiro, quando a Penalty ainda era a fornecedora de material da equipe.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.