Tamanho do texto

Lateral esquerdo foi dos Emirados Árabes ao Chile, com duas escalas, para o jogo desta noite pela Copa Sul-Americana

O uruguaio Álvaro Pereira se juntou à delegação do São Paulo em Concecpción no início da tarde desta quarta-feira, dia da partida decisiva contra o Huachipato , depois de ter viajado 16.245 quilômetros desde Al Ain, nos Emirados Árabes Unidos, onde estava a serviço da seleção de seu país.

Após a vitória do Uruguai sobre Omã por 3 a 0, na segunda-feira, o lateral esquerdo percorreu 160 km até Dubai. De lá, enfrentou 12.247 km até Guarulhos, antes de mais 3.338 km até Santiago, onde passou a noite de terça-feira. Nesta manhã, viajou por mais 500 km até o local em que o elenco está instalado para o jogo pela Copa Sul-Americana .

Leia mais: São Paulo revê árbitro que já expulsou três de seus atletas recentemente

Rogério Ceni e Álvaro Pereira na concentração do São Paulo
Rubens Chiri/saopaulofc.net
Rogério Ceni e Álvaro Pereira na concentração do São Paulo

"É um jogo muito importante para nós. E jamais gostaria de ficar de fora. Fiz esse esforço pelos meus companheiros e pelo clube", disse o jogador ao site do clube. "Espero que a gente seja recompensado com a classificação".

Para se classificar às quartas de final da Copa Sul-americana, o São Paulo pode até perder por um gol de diferença desde que também balance a rede chilena, já que venceu o jogo de ida por 1 a 0, no Morumbi. O duelo está marcado para 19h30 (de Brasília), em Talcahuano.Álvaro Pereira desfalcou a equipe treinada por Muricy Ramalho nas suas últimas três partidas do Campeonato Brasileiro (contra Grêmio, Atlético-PR e Atlético-MG), período em que, além do Omã, encarou a Arábia Saudita com a camisa celeste.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.