Seleção argentina entrou em campo com time bem diferente do que perdeu do Brasil, e o astro começou entre os reservas

Reuters

Lionel Messi marcou duas vezes após sair do banco de reservas e ajudou uma seleção experimental da Argentina a golear Hong Kong por 7 a 0 em amistoso nesta terça-feira.

A Argentina colocou em campo um time completamente diferente daquele que perdeu para o Brasil por 2 a 0 no sábado, mas ainda assim os vice-campeões do mundo não tiveram qualquer problema para atropler o frágil adversário.

Leia mais: Sampaoli deseja encarar Brasil e Argentina na altitude pelas Eliminatórias

Messi em ação contra Hong Kong pela Argentina
Victor Fraile/Getty Images
Messi em ação contra Hong Kong pela Argentina

Os torcedores de Hong Kong, muitos vestidos com camisas da Argentina, vibraram bastante quando Messi entrou em campo no segundo tempo, e fizeram festa quando o jogador do Barcelona marcou duas vezes e deu passe para mais um gol.

Veja também: Dunga nega referência ao vício de Maradona e culpa ar de Pequim

O atacante Gonzalo Higuaín, do Napoli, aproveitou a oportunidade como titular e aterrorizou a defesa de Hong Kong, marcando um gol em cada tempo.

Nicolás Gaitán também marcou duas vezes, depois que Ever Banega abriu o marcador para a Argentina.

Após a derrota para o Brasil em Pequim, o técnico Gerardo Martino deixou Messi, Ángel di María, Sergio Aguero, Javier Mascherano e Marcos Rojo no banco contra Hong Kong, número 164 do ranking mundial, em um amistoso para comemorar o centário da federação local de futebol.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.