"A camisa estava grudenta, mas faz parte. Falaram que pedi pênalti e em nenhum momento fiz isso", disse o santista

Leandro Damião puxa a própria camisa
Reprodução
Leandro Damião puxa a própria camisa

Mais uma vez, Leandro Damião é alvo de uma polêmica no Santos. Ao invés de ser citado pelos gols que faz - ou deveria fazer -, o camisa 9 se defendeu nesta segunda-feira das acusações sobre a possível tentativa de enganar o árbitro da partida do último domingo, contra o Criciúma, em Santa Catarina.

Leandro Damião nega que cavou pênalti ao puxar a própria camisa

O centroavante foi flagrado pelas câmeras de TV puxando a própria camisa, dentro da área, como quem quisesse confundir a arbitragem. Durante o jogo, o juiz nem percebeu o lance, mas, após uma repercussão muito negativa, o procurador do STJD Paulo Schmitt avisou que pode denunciar o santista.

"Acho que ele precisa ver a imagem normal. Em câmera lenta é fácil falar que fiz encenação. Quando você puxa e a câmera está devagar, a pessoa acha que está puxando se sacanagem. A camisa estava grudenta, mas faz parte. Falaram que pedi pênalti e em nenhum momento fiz isso. Estava olhando para a bola, concentrado no jogo. Foi um momento rápido, mas infelizmente usam a imagem para dizer que eu quis encenar", justificou Leandro Damião, nesta segunda, durante a chegada do elenco alvinegro ao CT Rei Pelé depois da derrota por 3 a 0 para o Tigre.

"Às vezes usam muito a mídia para isso. Tranquilo, sou trabalhador honesto. Sei o que faço. Infelizmente, acho que as pessoas usaram a imagem de má fé colocando (câmera) lenta. Foi um lance rápido", finalizou o atacante.

O time de Enderson Moreira volta a trabalhar nesta terça-feira já de olho no duelo desta quinta, contra o Botafogo, pelas quartas de final da Copa do Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.