Wescley e Alemão garantiram o triunfo pernambucano, enquanto Léo Jaime descontou para os visitantes. Placar foi 2 a 1 pela 16ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

O jogo atrasado poderia servir para afastar o Bragantino da zona de rebaixamento, mas o time do interior paulista não conseguiu aproveitar. Nesta terça-feira, em confronto válido ainda pela 16ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o Massa Bruta visitou o Santa Cruz e foi derrotado pelo time pernambucano, por 2 a 1. Wescley e Alemão garantiram o triunfo pernambucano, enquanto Léo Jaime descontou para os visitantes.

Com o resultado, o Santa Cruz passou a somar 42 pontos, ocupando a nona colocação, mas ainda está longe de sonhar com o acesso à primeira divisão. Com mais nove confrontos para o fim do Campeonato, o time coral tem nove pontos a menos do que o quarto colocado. O próximo compromisso será contra o Vasco, neste sábado, às 16h10 (de Brasília), na Arena Pernambuco.

O Bragantino, por sua vez, perdeu a chance de amenizar a pressão para esta reta final do Campeonato Brasileiro, e pode voltar à zona de rebaixamento na próxima rodada. Com apenas 33 pontos, tem três a mais do que o América-RN, primeiro time a figurar na degola. Neste sábado, às 16h20, os dois times fazem um confronto direto no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

Santa abre o placar...

Desesperado na briga contra o rebaixamento, o Bragantino tentou assustar logo aos 20 segundos, em um chute de fora da área defendido por Tiago Cardoso, mas foi o Santa Cruz que dominou o jogo desde o início. Aos 11, após cruzamento de Keno, Tobi quase marcou contra, enquanto Danilo Pires, aos 28, obrigou Wilson Júnior a fazer defesa difícil depois de errar um cruzamento e mandar direto ao gol.

Com o domínio do jogo, o Santa Cruz parecia muito perto de abrir o placar e conseguiu chegar à vantagem antes mesmo do intervalo. Aos 35, Wescley dominou na entrada da área, bateu colocado e não deu chances ao goleiro do Bragantino. O gol era merecida, já que os pernambucanos eram melhores em campo e quase ampliaram aos 42 depois que Keno acertou o lado de fora da rede paulista.

...e confirma vitória

Se não foi possível fazer um placar mais elástico ao longo do primeiro tempo, o Santa Cruz praticamente garantiu a vitória com apenas quatro minutos jogados na etapa complementar. O zagueiro Alemão de mandou para o ataque em cobrança de escanteio dos pernambucanos e teve postura de homem de frente. O jogador dominou na área, girou e soltou a bomba para anotar o segundo.

O Santa Cruz seguiu ainda melhor do que o Bragantino, tentou administrar o resultado e esperar o final do jogo, mas o time visitante surpreendeu já nos acréscimos, marcando ao menos o gol de honra. Sandro mostrou boa visão de jogo aos 47, fez o lançamento em profundidade para Léo Jaime, que teve categoria para tocar de cabeça e encobrir o goleiro Tiago Cardoso.

FICHA TÉCNICA
SANTA CRUZ 2 x 1 BRAGANTINO

Local: Estádio do Arruda, em Recife-PE
Data: 14 de outubro de 2014, terça-feira
Horário : 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (Asp. Fifa-RS)
Assistentes: Armando Lopes de Sousa-CE e Anderson Moreira de Farias-CE
Cartão Amarelo: Alemão (Santa Cruz)
Gols: SANTA CRUZ: Wescley, aos 35 minutos do primeiro tempo, e Alemão, aos 4 minutos do segundo tempo
BRAGANTINO: Léo Jaime, aos 47 minutos do segundo tempo

SANTA CRUZ: Tiago Cardoso; Tony, Renan Fonseca, Alemão e Julinho (Renatinho); Sandro Manoel e Bileu; Danilo Pires, Wescley (Aírton) e Keno (Pingo); Léo Gamalho
Técnico : Oliveira Canindé

BRAGANTINO: Wilson Junior, Robertinho, Yago, Tobi e Magal; Geandro, Romário (Caboré), Magno (Léo Jaime) Cruz e Sandro; Antonio Flávio (Erick) e Mota
Técnico : PC Gusmão

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.