Tamanho do texto

Meia sente dores nas costas e é baixa de última hora para o jogo contra o Huachipato pela Copa Sul-Americana

O elenco do São Paulo embarcou na tarde desta segunda-feira rumo ao Chile, onde a equipe enfrentará daqui a dois dias o Huachipato, pela partida de volta das oitavas de final da Copa Sul-Americana. Maicon, com dores nas costas, foi baixa de última hora na delegação que saiu de Guarulhos com 19 atletas.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

O meia sofreu uma pancada durante a derrota para o Atlético-MG , no domingo, em Belo Horizonte, e não se recuperou a tempo, tornando-se mais um desfalque para o técnico Muricy Ramalho, que já não poderia contar com outros seis jogadores nesta quarta-feira.

Leia mais: Rogério Ceni vai se aposentar. Vão sobrar goleiros artilheiros pelo mundo?

Além de Rodrigo Caio, que só voltará a atuar na próxima temporada, o treinador ainda não tem o zagueiro Rafael Toloi (lesionado), o volante Souza (na Seleção Brasileira), o meia Kaká (na Seleção Brasileira) e os atacantes Ademilson (na Seleção olímpica) e Luis Fabiano (expulso no jogo de ida e suspenso pela Conmebol de três jogos).

Por outro lado, três atletas que não atuaram no fim de semana, pelo Campeonato Brasileiro, voltam a ficar à disposição. São eles o zagueiro Paulo Miranda e o meia Paulo Henrique Ganso, que cumpriram suspensão, e o lateral esquerdo Álvaro Pereira, que estava a serviço da seleção uruguaia e deve se juntar à delegação no Chile.

Como venceu o confronto de ida por 1 a 0, no Morumbi, o São Paulo tem a vantagem do empate diante do Huachipato. Ou pode até ser derrotado por um gol de diferença, desde que também vaze o adversário. Se o placar for devolvido, a vaga para as quartas de final será decidia nos pênaltis.

No início da noite desta terça-feira, a comissão técnica comandará um treinamento apronto no Estádio CAP, em Talcahuano, palco do confronto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.