Tamanho do texto

Partida em Cuiabá contra a Bolívia desperta pouca procura e entidade tenta encher Arena Pantanal de crianças nesta sexta

A seleção sub-21 do Brasil , base da equipe que jogará os Jogos Olímpicos de 2016, entra em campo nesta noite de sexta-feira, em Cuiabá, contra a Bolívia, para o primeiro amistoso em solo nacional depois do fiasco do time principal na Copa do Mundo de 2014. Para não ver a Arena Pantanal vazia, a CBF distribuiu ingressos e doou entradas para crianças de escolas públicas da capital do Mato Grosso. A partida começa às 21h (22h de Brasília). 

Dória e Samir doaram ingressos para crianças de Cuiabá
Divulgação/CBF
Dória e Samir doaram ingressos para crianças de Cuiabá


Dos 40 mil ingressos colocados à venda para a partida, apenas 10 mil tinham sido vendidos até a noite de quinta-feira. Nesta sexta-feira, os zagueiros Samir, do Flamengo, e Dória, ex-Botafogo, hoje no Olympique de Marselha, foram a uma escola municipal de Cuiabá para entregar mil ingressos às crianças.

Em outra ação para evitar o fiasco de público, a CBF vai permitir que torcedores com ingresso levem crianças de até seis anos ao jogo sem qualquer custo adicional. Os ingressos para o jogo estão sendo vendidos desde o dia 2 de outubro com valores de R$ 20 a R$ 40.

Ainda que apenas jogadores sub-21 estejam em campo, o preço dos ingressos está bem abaixo dos cobrados nos amistosos pré-Copa do Mundo contra Sérvia, em São Paulo, e Panamá, em Goiânia, quando a entrada mais barata custava R$ 100.

Para o jogo contra o time sub-23 dos Estados Unidos, dia 13, segunda, em Brasília, apenas 22 mil ingressos foram colocados à venda, ainda que a capacidade do Mané Garrincha seja de 69 mil lugares. As entradas estão sendo vendidas por R$ 60 (R$ 30, a meia).

Veja algumas das apostas do time sub-21 do Brasil para os Jogos de 2016


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.