Depois de somar seis pontos contra o Cruzeiro no Brasileirão, time paulista enfrenta o Botafogo, 20º, sem salto alto

Mano Menezes se esforçou para controlar a onda negativa decorrente das derrotas do Corinthians para Figueirense e Atlético-PR. Sua equipe conseguiu três triunfos consecutivos desde então - o último deles fora de casa, contra o Cruzeiro, provável campeão brasileiro -, e agora a ideia é evitar qualquer soberba antes de enfrentar o Botafogo, lanterna do Brasileirão, sábado, em Manaus.

Veja a classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

"Às vezes, você vai bem e não consegue vencer. Às vezes, vence e não vai tão bem. Nos dois casos, o técnico tem que ter uma linha de raciocínio para não se perder nessa pressa, nessa volúpia que tudo ganha como elogio ou crítica", afirmou o comandante alvinegra.

No primeiro turno, Corinthians e Botafogo empataram em 1 a 1 no Itaquerão
Getty Images
No primeiro turno, Corinthians e Botafogo empataram em 1 a 1 no Itaquerão

Depois de derrubar o líder Cruzeiro no Mineirão, o time do Parque São Jorge enfrentará o lanterna Botafogo. O jogo não é no Rio de Janeiro, com torcida toda contra, mas na Arena da Amazônia, em Manaus. A tarefa, na teoria, é obviamente muito menos complicada do que a da última quarta-feira.

"O Mano vem trabalhando isso. Você pega um time que está muito abaixo na tabela e acaba entrando um pouco mais relaxado. Isso não pode acontecer. Entramos ligados contra o Cruzeiro e conseguimos o resultado. Se não entrarmos assim de novo, vamos ser surpreendidos", disse o meia Renato Augusto.

Além da possibilidade de colocar o Corinthians entre os quatro primeiros colocados, vencer o Botafogo no sábado renderá à equipe sua primeira sequência de três vitórias no Campeonato Brasileiro. Faz tempo que os jogadores põem uma série de triunfos como objetivo, falhando na tentativa de obtê-la.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.