A tendência é que o argentino Bolatti entre na vaga de Ramírez, enquanto Yuri Mamute e Wallyson disputariam o lugar que foi ocupado por Carlos Alberto

O Botafogo vai enfrentar o Corinthians, sábado, na Arena Amazônia, e o técnico Vagner Mancini tem novos problemas para armar a equipe que ocupa a última posição no Campeonato Brasileiro. O treinador não poderá contar com os meias Ramírez e Carlos Alberto, que receberam o terceiro cartão amarelo na derrota para o Palmeiras, nesta quarta-feira, no Maracanã .

A tendência é que o argentino Bolatti entre na vaga de Ramírez, enquanto Yuri Mamute e Wallyson disputariam o lugar que foi ocupado por Carlos Alberto. O meia Fabiano, que sofreu uma lesão na coxa esquerda ainda no primeiro tempo, será avaliado pelo departamento médico nesta quinta-feira, mas tudo indica que ele vai parar por duas semanas, pelo menos.

Confira a classificação e os próximos jogos do Brasileirão

O zagueiro Dankler, que cumpriu suspensão pelo terceiro cartão amarelo, deve voltar ao time, saindo Matheus Menezes. Ao deixar o campo, Carlos Alberto deu entrevista ao canal Sportv e disse ter esperança de que o panorama atual seja alterado e que o Botafogo ainda consiga forças para escapar do rebaixamento.

"Todo mundo tentou até o último minuto e lamentamos pelo torcedor que veio e saiu decepcionado. Mas tenho certeza absoluta que, se continuarmos assim, uma hora a maré vira e o Botafogo vai sair dessa situação", comentou.

Jobson
O técnico Vagner Mancini pediu e o departamento jurídico do Botafogo segue tentando dar condições de jogo ao atacante Jobson. O clube pediu oficialmente ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para que o órgão defina se Jobson tem condições legais de atuar. O Botafogo já havia enviado um ofício à Fifa, por intermédio da CBF, solicitando esclarecimentos sobre a suspensão por oito anos imposta pela Federação Saudita.

Na resposta, a Fifa afirmou que não ampliou em nível mundial a punição do jogador brasileiro, mas a informação foi considerada insuficiente pelos advogados do clube alvinegro que esperam a liberação total do jogador para que o técnico Vagner Mancini possa escalá-lo, sem risco de perder pontos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.